Fabio Garcia pede consenso e teme racha na base sobre indicação de vice na chapa de Botelho

Fabio Garcia pede consenso e teme racha na base sobre indicação de vice na chapa de Botelho

O coordenador-geral da campanha de Eduardo Botelho a prefeito, Fábio Garcia, afirmou em visita na Assembleia Legislativa de Mato Grosso, que ainda é cedo para definir o nome do candidato a vice-prefeito na chapa do pré-candidato a prefeitura de Cuiabá Eduardo Botelho ( UNIÃO BRASIL). E adiantou que a expectativa é buscar o consenso.

Garcia disse que o Republicanos, partido do vice-governador Otaviano Pivetta, tem “legitimidade” para indicar um nome para a vaga de vice na chapa de Botelho. O nome vai ser discutido entre todos os partidos do arco de aliança. Será um nome que tenha consenso do grupo e que poderá ajudar a consertar Cuiabá”, disse o chefe da Casa Civil quando questionado pela imprensa.

Há uma disputa envolvendo o Republicanos e o PRD (Partido Republicano Democrático) em relação à indicação do vice. O Republicanos ameaçou deixar a aliança se o ex-vereador Felipe Wellaton, indicado pelo PRD, for o escolhido.

Fábio Garcia afirmou que a expectativa é buscar um nome que tenha consenso entre todos os partidos da aliança e que possa “ajudar a consertar Cuiabá,” que esta abandonada, saúde, educação, infra estrutura, cidade dos buracos. Precisaremos de uma aliança forte para colocara nossa capital nos eixos novamente.

Portanto, parece haver uma negociação em andamento para definir o candidato a vice-prefeito na chapa de Eduardo Botelho, com o Republicanos reivindicando esse espaço. A solução buscada é um nome de consenso da ampla aliança.

 

Redação JA/ Foto: reprodução

Clique abaixo e leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *