ASSASSINADO: Advogado Renato Gomes Nery não resiste aos ferimentos a bala

ASSASSINADO: Advogado Renato Gomes Nery não resiste aos ferimentos a bala

A diretória do jornal do advogado-MT, lamenta a trágica morte do advogado Renato Gomes Nery, de 72 anos, ele foi levado para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos do atentado a tiros que sofreu em frente a seu escritório de advocacia, na Avenida Fernando Corrêa, em Cuiabá. Ele foi ex-presidente da OAB-MT (Ordem dos Advogados do Brasil em Mato Grosso). Sua morte é mais um preocupante incidente envolvendo o assassinato direcionado de advogados em Cuiabá.

Uma câmera de segurança registrou o momento em que o advogado Renato Gomes Nery, de 72 anos, é atingido por tiros no momento em que chegava para trabalhar no escritório, nesta sexta-feira (5).

Nas imagens, é possível ver o momento em que Renato caminha até a porta do escritório e, em seguida, é atingido pelos disparos e cai no chão

Renato Nery havia sido socorrido com vida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e encaminhado para o Complexo Hospitalar de Cuiabá, antigo Hospital Jardim Cuiabá. Na unidade, ele chegou em estado grave e passou por uma cirurgia que durou cerca de 6 horas, após a operação, seu estado de saúde continuou sendo considerado grave e ele foi levado para a UTI, mas faleceu hoje(6) as cinco horas da manhã. Não resistiu aos ferimentos.

Ele sofreu pelo menos um ferimento de bala na cabeça e várias cápsulas de munição que foram encontradas no local, indicando uma execução planejada. diz laudo técnico da PJC-MT

Este é o segundo assassinato de um advogado em Cuiabá nos últimos 7 meses, após o assassinato de Roberto Zampieri em dezembro. Não está claro se os dois casos estão relacionados.

Renato Gomes Nery foi presidente da OAB-MT de 1989 a 1991 e tinha 45 anos de experiência em direito.

A OAB-MT e a Associação Nacional de Advogados Criminais emitiu uma nota lamentando sua morte e elogiando sua liderança, integridade e compromisso com a justiça.

A HISTÓRIA DE RENATO NERY:

Em entrevista à OAB-MT, ele relembrou sua trajetória e como chegou à presidência.
“Nós que éramos novos, que estávamos iniciando na carreira, tínhamos que lançar uma chapa. O Conselho Pleno era formado por novatos. Ninguém nunca tinha sido nada na Ordem. Todos tinham a perspectiva de mudanças”, destacou.
Além da renovação, o período de Renato Nery deu enfoque à função social da OAB-MT, tendo em mente que a Ordem é a representante da cidadania.
Após deixar a presidência, continuou atuando como conselheiro federal e acompanhou junto ao Conselho Federal da OAB as discussões acerca da criação do Conselho Nacional de Justiça.
Diante da perda, a OAB-MT decretou luto por 3 dias, expressando profundo pesar. À família e aos amigos enlutados, muita força para superar esta ocorrência.

As autoridades ainda estão investigando as circunstâncias e motivos por trás deste trágico assassinato. É profundamente preocupante ver a violência direcionada à profissão jurídica desta maneira. Minhas condolências vão para a família de Renato Gomes Nery, seus colegas e toda a comunidade jurídica afetada por esta perda. Diz o diretor do jornal do advogado.

 

Redação JA/ Foto: reprodução

Clique abaixo e leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *