Frio atinge Mato Grosso com chegada da La Niña neste domingo

Frio atinge Mato Grosso com chegada da La Niña neste domingo

 

Após um ano marcado por ondas de calor e poucas chuvas, Mato Grosso inicia uma transição do El Niño para as características climáticas da La Niña, que traz a promessa de dias com temperaturas mais amenas e um aumento na média de chuvas. No entanto, essas mudanças não garantem o fim das secas ou das ondas de calor frequentes que afetaram a região.

Embora a La Niña deva trazer mais chuvas, tempestades intensas são esperadas no Norte do estado, enquanto o Pantanal pode enfrentar secas ainda mais severas. Mesmo com a tendência de temperaturas mais amenas, as ondas de calor continuarão a ocorrer devido às mudanças climáticas globais.

Os efeitos do La Niña começarão a ser sentidos apenas no final de 2024, com chuvas acima das previsões médias para o estado. Apesar das expectativas de um clima mais ameno, a influência das mudanças climáticas faz com que as temperaturas permaneçam acima da média, mantendo a possibilidade de novas ondas de calor.

É importante adotar ações externas para a sustentabilidade, como a redução do desmatamento e o reflorestamento, para mitigar os efeitos dos eventos climáticos extremos que são mais frequentes e intensos. Além disso, é necessário prestar atenção às variações climáticas para melhor preparação e resposta a eventos como secas e tempestades severas.

O caso de Mato Grosso ilustra a realidade das mudanças climáticas e a necessidade urgente de adaptação e mitigação para lidar com os extremos específicos que se tornam cada vez mais comuns.

Source link

Clique abaixo e leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *