Botelho se ganhar eleições, priorizará saúde, não faltará médicos nas unidades de Cuiabá

Botelho se ganhar eleições, priorizará saúde, não faltará médicos nas unidades de Cuiabá

O pré-candidato a prefeito de Cuiabá, Eduardo Botelho(UNIÃO BRASIL),e presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, está priorizando a saúde em sua plataforma eleitoral.

“A saúde é uma das prioridades. Ganhando vamos atuar de imediato na saúde, a saúde não pode esperar, quem está doente, quem está com dor, não pode esperar, tem que ir correndo atrás de médico, quem tem dinheiro paga uma saúde particular. E quem não tem? A única esperança é a saúde pública. Aí bate no posto, não tem médico. Quando tem o médico, receita um remédio, aí não tem o remédio. Então essas são as prioridades básicas”, afirmou durante entrevista ao programa A Tribuna, na Rádio Vila Real.

Botelho tem como meta, contratar mais médicos e organizar a distribuição e aquisição de medicamentos para evitar a falta nas unidades de saúde. Ele reconhece que a falta de médicos e medicamentos é um problema grave que precisa ser resolvido.

Outro ponto, será, realizar um programa em parceria com o governo estadual para zerar as filas de cirurgias. Isso demonstra uma preocupação em melhorar o acesso aos serviços de saúde.

Vamos melhorar a gestão dos recursos da saúde, revisando contratos e gerenciando melhor os recursos, que atualmente não têm gerado resultados efetivos no atendimento ao cidadão, apesar de representar 30% do orçamento municipal. Vamos aumentar as equipes de saúde da família, ampliar os horários nas unidades de saúde e motivar os servidores, pois reconhece que faltam organização e gerenciamento adequados. Conclui.

O candidato tem uma proposta abrangente para melhorar a saúde pública em Cuiabá, com foco em aumentar o acesso aos serviços médicos, medicamentos e procedimentos, além de uma gestão mais eficiente dos recursos disponíveis. Essa abordagem demonstra um reconhecimento das principais demandas e desafios na área da saúde da cidade.

 

Redação JA / Foto: reprodução

 

 

 

 

Clique abaixo e leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *