Zona Rural de Jangada terá Mostra Cultural Regional nesta sexta-feira (15)

15/02/2019 – Ocorre nesta sexta-feira (15.02) a primeira “Mostra Cultural da Zona Rural de Jangada”, com apresentação teatral, shows sertanejos e de música regional, além de oficinas e shows de talentos, voltados para a cultura do Vale do Rio Cuiabá. Uma oportunidade para promover o intercâmbio cultural, econômico e social do município de Jangada, localizado a 75 quilômetros de Cuiabá.

A programação será gratuita e começa ás 13h, com oficinas de cerâmica por Domingas Leonor, do quintal do grupo Flor Ribeirinha, canto e dança do Siriri e Cururu, com o professor Cleber, do grupo Flor do Atalaia, além da recreação infantil com “Brincadeiras de Quintal”, pelo professor Weber Braga.

Deve se estender até às 22h, entre intervenção teatral com Comadre Sebastiana, que vai trabalhar o linguajar da região do Vale do Rio Cuiabá, e shows musicais com o rasqueado de Roberto Lucialdo e Banda, sertanejo e moda de viola com as duplas regionais “Joá e Acil” e “Vicente e Júnior”, na comunidade de Vaquejador, no pátio da Escola Severiano Vieira da Silva.

Trata-se de um projeto piloto do Instituto Cultural América (Inca) para ser desenvolvido na zona rural do Vale do Rio Cuiabá, nas regiões de Jangada, Várzea Grande, Poconé e Nossa Senhora do Livramento, apresentando uma dia somente com a cultura desta região, em um verdadeiro intercâmbio entre esses municípios.

“Qual a importância deste projeto? Primeiro é a relação da cultura dentro de uma comunidade rural, que pouco tem oportunidade de vivenciar momentos de entretenimento. Também a manutenção da história, dos costumes e tradições desta região do Vale do Rio Cuiabá”, pontua a presidente do Instituto Cultural América, Cybele Bussiki.

A cidade de Jangada é conhecida como a capital do pastel, tendo o Festival do Pastel já consolidado no calendário cultural do Estado de Mato Grosso. Apesar da força do evento, ele não consegue atingir todos os distritos de Jangada, deixando assim uma lacuna cultural para sua população interiorana, que por muitas vezes fica sem qualquer opção de lazer, por estar afastada do centro urbano do município.

Portanto, a Mostra Cultural da Zona Rural de Jangada pretende resgatar o sentimento de orgulho e valorização aos jangadenses e proporciona-los o acesso à diferentes formas de expressão artística.

A origem da aconchegante e pequena cidade de Jangada é geográfica, em referência ao Ribeirão Jangada, riacho que passa ao lado do município e deságua no rio Cuiabá. No começo era chama de “Passa Três” por seus antigos moradores que traziam as mercadorias para a Vila de Nossa Senhora da Conceição, que hoje é um distrito de Várzea Grande, para ser comercializada. A viagem chegava a durar até 10 dias e era feita em carros-de-boi ou em lombo de burros.

Já na década de 80, se tornou ponto de parada obrigatória para os viajantes que enfrentavam até dois dias de viagem até chegar ao Norte de Mato Grosso. Quando os ônibus que seguiam em direção a Sinop e outras cidades paravam, os comerciantes ofereciam churrasquinho com mandioca e o pastel que com o tempo se tornou tradicional.

A abertura da BR-29, em 1940, que hoje é chamada de BR-364, impulsionou a região, que dá acesso para a BR-163 e para a MT-358, entrada para os municípios de Barra do Bugres e Tangará da Serra. O desenvolvimento deveu-se ao fato desta região ser o entroncamento rodoviário, com acesso a diferentes localidades.

A Mostra conta com apoio institucional da prefeitura de Jangada e da Assembleia Legislativa, por meio de emenda parlamentar do deputado estadual, Eduardo Botelho. Patrocínio do governo do Estado de Mato Grosso, pela Secretaria de Estadual de Cultura, e realização do Inca.

Serviço

Tema: Mostra Cultural da Zona Rural de Jangada

Quando: 15/02 (sexta-feira)

Horário: a partir das 13h

Quem pode participar: Livre para todas as idades/ Entrada franca

Local: Zona rural da cidade de Jangada

 

Da Redção JA/ Foto; Reprodução

15, fevereiro, 2019|