Verde Novo realiza plantio e distribuição de mudas no distrito da Guia

Dizem que entre as coisas que a pessoas devem fazer ao longo de sua vida está plantar uma árvore. Os estudantes da Escola Estadual Filogônio Corrêa, no distrito da Guia (a 40 km do centro de Cuiabá) já poderão incluir esse feito em sua trajetória. Eles participaram do plantio de mudas do projeto Verde Novo, promovido pelo Juizado Especial Volante Ambiental (Juvam), em alusão aos 300 anos de Cuiabá, realizada na manhã desta quinta-feira (28 de março), no entorno no mini-estádio central.

 

Foram plantadas 70 mudas e distribuídas outras 200 de espécies nativas e frutíferas. Muitos desses jovens nunca plantaram uma árvore, mas sabem a relevância desse ato e ficaram empolgados ao colocarem, literalmente as mãos na terra.

 

A jovem Yara Santana, aos 17 anos tem a consciência da importância dessa ação, uma atitude que vai muito além do que os olhos podem enxergar. “Aqui tem poucas árvores então quanto mais for plantado será melhor, o ambiente vai ficar mais fresco, porque muitas crianças brincam aqui em volta e vai ficar melhor para praticar esportes e fazer caminhada. Ajuda também a prevenir o câncer de pele. Estou muito feliz por poder plantar minha primeira árvore”, disse em tom de alegria.

 

Antes do início do plantio integrantes do Juvam realizaram palestra de educação ambiental, sobre quais os impactos positivos da arborização urbana e quais as contribuições que uma árvore traz, tanto para o meio ambiente quanto para a qualidade de vida.

 

Quem estava atenta, anotando tudo, foi a estudante do terceiro ano do ensino médio, Michelle Conceição. Ela fez alguns questionamentos e fez questão de plantar a sua árvore. Segundo ela, plantar essas árvores vai ser importante para todos da comunidade. Ela conta que faz caminhada todos os dias e sente falta de um local com mais sombra.

 

“É importante para a gente, para as crianças, para o futuro. Ultimamente teve muito desmatamento, tanto por aqui quanto em Cuiabá e a gente sai muito prejudicado com isso. Sem as árvores fica muito ruim fazer caminhadas ao redor do mini-estádio, o sol arde, sem falar no calor. Depois que as árvores forem plantadas eu creio que vai melhorar muito a qualidade de vida para nós”, afirma.

 

O assessor de gabinete do Juvam, Sérgio Savioli Resende disse que o entorno do mini-estádio no distrito da Guia foi escolhido após reunião que indicou algumas áreas em que teriam maior necessidade e interesse para que fossem arborizadas. “Essa é uma área pública muito utilizada pela população e com pouca árvore em volta, além de ser ao lado de uma escola. Essa é uma demanda que estamos atendendo por meio de um calendário elaborado em conjunto com o Município de Cuiabá, que vai trazer mais conforto e qualidade de vida para as pessoas do local”.

 

Para o plantio, o engenheiro florestal do Juvam, Marcelo Pissurno explicou que foram escolhidas espécies de grande porte e, principalmente, aquelas que fazem bastante sombra, como Oiti, Aricá e Pata de Vaca. Já para a distribuição foi dado preferências para mudas frutíferas. Alunos e professores levaram para casa espécies de goiaba, amora, tamarindo, pitanga, acerola e caju.

 

Antes da equipe do projeto chegar ao local, o engenheiro florestal explicou que é realizada uma visita técnica para verificação da estrutura que vai receber o plantio, como calçada, fiação, poste e assim definir o espaçamento e o porte das árvores a serem plantadas. “Esse aqui é um local que recebe muito sol, luminosidade e é muito quente. Com os benefícios da sombra vai criar espaço de convivência, diminuição da temperatura para que eles possam usar o local, também durante o dia”.

 

Até hoje projeto Verde Novo realizou mais de 85 ações e distribuídas e plantadas cerca de 34 mil mudas em diversas localidades de Cuiabá.

 

A próxima ação vai ocorrer nesta sexta-feira e sábado (29 e 30 de março), no Rally Ecológico, na região do Coxipó do Ouro.

 

O projeto Verde Novo é desenvolvido pelo Poder Judiciário de Mato Grosso, por meio do Juvam, em Parceria com a Prefeitura de Cuiabá, Instituto Ação Verde e o Grupo Petrópolis, responsável pela doação das mudas de árvores nativas e frutíferas.

 

O Grupo Petrópolis promove há mais de oito anos ações de reflorestamento e educação ambiental por meio do projeto intitulado AMA – Área de Mobilização Ambiental. Dessa forma, essa parceria com o grupo tem contribuído para que Cuiabá recupere o título de Cidade Verde.

 

Por; Dani Cunha (texto e fotos)

28, março, 2019|