Vagões de trem Double Stack entram em operação no Brasil, chegando até Rondonópolis MT

Para potencializar este marco no transporte ferroviário brasileiro, a Frateschi está colocando no mercado de ferreomodelismo uma réplica do vagão Double Stack
A Brado Logística, braço da empresa Rumo, fará um evento na próxima quarta-feira, dia 19, em Sumaré (SP), para apresentar as operações com os primeiros vagões de trem Double Stack do país. Com capacidade para empilhar dois contêineres de 40 pés ou dois de 20 pés em baixo e um de 40 pés em cima, as operações do Double Stack farão o trecho ferroviário entre Sumaré e Rondonópolis (MT), que compreende as Malhas Paulista e Norte administradas pela Rumo. A empresa investiu R$ 30 milhões na aquisição de 74 vagões, que podem transportar qualquer tipo de carga, pois existem três tipos de contêineres: dry (produtos secos), reefer (produtos refrigerados) e isotank (líquidos). O lançamento oficial ocorreu no ano passado, durante a 24ª edição da Intermodal South America, maior evento de logística, transporte de cargas e comércio exterior da América do Sul, realizado em São Paulo.

Para potencializar este marco no transporte ferroviário brasileiro, a Frateschi, empresa parceira da Brado e única fabricante de trens elétricos em miniaturas e réplicas de composições reais na América Latina, está colocando no mercado de ferreomodelismo uma réplica do vagão Double Stack. “O mercado de modelismo ferroviário reúne adeptos e apaixonados pela ferrovia, e estamos dando a possibilidade para o modelista brasileiro ter, de imediato, este produto em sua maquete, afinal, este vagão vem para ser um marco no transporte de contêineres no Brasil, pois ele já é uma tendência mundial”, diz Lucas Frateschi, diretor da empresa. “Procuramos trabalhar lado a lado com as grandes empresas do setor ferroviário do país, gerando uma relação de sinergia e potencializando não apenas a prática deste hobby, mas também estabelecendo uma relação de proximidade e identidade entre os apaixonados pela ferrovia e as empresas que atuam neste meio de transporte”. Este vagão complementará a locomotiva Brado AC44i, que já existe no portfólio da Frateschi desde 2015.

O vagão Double Stack é fabricado pela empresa americana Greenbrier Maxion, cuja sede brasileira fica em Hortolândia, no interior paulista, que possui tecnologia e expertise para a produção de vagões-plataformas para contêineres. O Double Stack requer adequação de terminais e gabarito da ferrovia de forma a permitir sua circulação, e esse processo de investimentos para adequação das ferrovias aconteceu nos Estados Unidos, o que permitiu uma grande expansão do intermodal ferroviário e, com isso, uma grande redução nos custos de frete.

“As pessoas pensam que o transporte ferroviário morreu, mas ele está vivo e em expansão. A ferrovia é de valor estratégico imprescindível para um país como o Brasil, e este crescimento ajuda a fomentar ainda a mais a paixão que muitos brasileiros têm pelos trens, e muitos passam o hobby do ferreomodelismo para as futuras gerações”, diz Lucas.

Fundada em 1967, a Indústrias Reunidas Frateschi é a única fabricante da América Latina de trens elétricos em miniaturas e réplicas de composições reais. Situada em Ribeirão Preto, no interior paulista, tem a missão de divulgar e preservar a memória ferroviária do Brasil, por meio da prática do ferreomodelismo. Há 50 anos neste mercado, a empresa tem a convicção de que importantes relações humanas, como a interação entre pai e filho, avô e neto e amigos, são fortalecidas em momentos descontraídos durante a prática deste hobby.

Com atuação nacional e internacional, a Frateschi possui representantes nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Goiás, Mato Grosso do Sul, Bahia, Ceará e Pernambuco, além do Distrito Federal. No exterior, seus representantes estão na Argentina, Chile, Uruguai, Austrália, Nova Zelândia, Rússia, Suíça, África do Sul e Taiwan.

Mais informações podem ser obtidas no site www.frateschi.com.br.

 

Da Assessoria/Foto; Reprodução

12, junho, 2019|