TRE: Candidatos aprovados pelos partidos acabaram renunciando das candidaturas antes mesmo de serem julgadas

09/08/2018 – De acordo com o TRE, pelo menos dez candidatos que tiveram os seus nomes aprovados pelos partidos acabaram renunciando das candidaturas antes mesmo de serem julgadas e 296 já foram deferidas pelo tribunal.

As propagandas eleitorais gratuitas na TV e no rádio, iniciada neste mês já coloca o eleitor no ritmo de eleições, porém até o dia 17 de setembro nada está garantido, pois o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) precisa concluir o julgamento dos 529 registros de candidaturas.

As renúncias mais comentadas nos últimos dias está a do empresário Jeremias Prado dos Santos, que foi substituído pelo deputado estadual Mauro Savi (DEM), que estava preso no Centro de Custódia de Cuiabá (CCC) até o dia 24 de agosto, por suposto envolvimento em fraudes e desvio de dinheiro público no Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

O também deputado estadual Baiano Filho (PSDB) foi outro que optou por renunciar de sua candidatura alegando que precisava de tempo para cuidar de sua saúde e de convívio com sua família. O parlamentar explicou que irá desfiliar de seu partido e que estará coordenando a campanha do candidato ao Governo Mauro Mendes (DEM), até pouco tempo atrás em coligação adversária, na região do Araguaia.

Entre os candidatos ao cargo de deputado federal está o advogado e ex-secretário adjunto de Assistência Social vinculado a Secretaria de Trabalho e Assistência (Setas), José Rodrigues (PRP), que também abandonou a coligação de Taques, para apoiar Mauro Mendes.

Veja abaixo um Raio-x dos julgamentos

Governo: 5 candidatos
Deferido: 3
Renunciou: 0
Indeferido: 0
Aguardando julgamento: 2

Senado: 11 candidatos
Deferido: 5
Renunciou: 0
Indeferido: 0
Aguardando julgamento: 6

Deputado federal: 140 candidatos
Deferido: 61
Renunciou: 6
Indeferido: 0
Aguardando julgamento: 73

Deputado estadual: 346 candidatos
Deferido: 252
Renunciou: 4
Indeferido: 0
Aguardando julgamento: 90

9, setembro, 2018|