TJMT : Desembargador Rubens de Oliveira comemora 20 anos de magistratura

15/10/2018 – A magistratura é uma das carreiras mais almejadas, mas é também uma das mais difíceis do meio jurídico. A porta de entrada da profissão acontece por meio de concurso público e o Quinto Constitucional.

Oriundo do Quinto Constitucional da OAB/MT,o desembargador Rubens de Oliveira Santos Filho decano da mais alta Corte do Poder Judiciário de MT comemora hoje (15/09), 20 anos de magistratura como desembargador em sua terra natal, Mato Grosso.

Apesar do ar sereno e compenetrado, nas horas de folga sorridente a amável com todos que o cercam, Dr Rubens é um profissional de bem com a vida.

Muito querido e respeitado no meio jurídico, dele só se ouvem elogios. Ele Advogou por 20 anos, tendo naquele período sido 2 vezes juiz do TRE categoria de juristas, e duas vezes presidente da da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Mato Grosso, de 1º de fevereiro de 1991 a 1º de fevereiro de 1993 e de 1º de fevereiro de 1998 a 18 de agosto de 1998.

Dr Rubens de Oliveira tomou posse como desembargador na vaga correspondente ao Quinto Constitucional reservada aos advogados em 15 de outubro de 1998.e, desde então, vem atuando na distribuição da justiça.

O segundo em antiguidade dos 30 desembargadores mato-grossenses, nascido em Cuiabá capital do Estado de Mato Grosso, em 06/01/1955, filho de Rubens de Oliveira Santos e Iza Teixeira Santos, ele formou em Direito, na Faculdade UFMT turma 77/2.

O Des Rubens de Oliveira, atualmente preside a seção de Direito privado, a segunda turma de câmaras reunidas de direito privado e a quarta câmara de direito privado

INGRESSO NA MAGISTRATURA :

Ingressou no Tribunal de Justiça de Mato Grosso em 15 de outubro de 1998.
Foi Vice-Presidente e Corregedor do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso, de 22/03/2001 a 16/04/2002.

Presidente do Colégio de Corregedores da Justiça Eleitoral do Brasil, de 08/08/2001 a 16/04/2002.

Presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso, de 17/04/2002 a 21/03/2003.

Vice-Presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso, no biênio 2007/2009.

Presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso, no biênio 2011/2013.

 

Da Redação JA

15, outubro, 2018|