Segunda o TJ transmite lives sobre o PJE 2.0

05/09/2018 – A versão 2.0 do Processo Judicial Eletrônico (PJe) será lançada nesta segunda-feira, dia 10 de setembro. A nova versão torna o sistema mais rápido, leve e ágil, por conta das cerca  de 100 melhorias que foram implementadas.

E para auxiliar o público a utilizar o sistema, o Tribunal de Justiça vai realizar nesta segunda-feira transmissões ao vivo nas redes sociais (lives). O instrutor do PJe Rosivaldo Guimarães Rodrigues vai dar dicas sobre a nova versão e também interagir com o usuários em tempo real.

Serão três lives simultâneas no Facebook, Instagram e YouTube do Tribunal de Justiça (TJMT). Os usuário terão a oportunidade de enviar perguntas que serão respondias pelo instrutor. Além disso, Rosivaldo vai mostrar, de forma didática, quais foram as principais inovações do PJe (2.0).

Ao lado da jornalista Ana Cristina Serra, responsável pelas mídias sociais do TJ, nas transmissões ao vivo às  9h, 11h e 14h, o instrutor vai mostrar passo a passo como acessar a nova ferramenta usando login e senha ou o certificado digital e todas as mudanças no PJE 2.0 que traz, além de mais modernidade, avanços e agilidade à prestação jurisdicional, e com bem menos cliques.

Cada horário das lives será específico para um determinado usuário do processo eletrônico, como das Secretarias; Magistrados e Assessorias; e o Público Externo que são os advogados e procuradores. Durante as transmissões, Rosivaldo Rodrigues também responderá as perguntas do internauta e em caso de dúvidas mais complexas, devido ao tempo, a orientação é que sejam encaminhadas por meio do SDM ou pelo telefone 3617 -3900 e e-mail atendimento.ti@jus.mt.br

Não perca

– Às 9h, ao vivo na segunda-feira, a transmissão será para os servidores das Secretarias. O instrutor vai começar apresentando o caminho de acesso do PJE 2.0. Ele lembra que a forma de acessar mudou e na plataforma 2.0 pode ser utilizado qualquer navegador. Também será exibida a configuração do PJE Office e o Painel específico que compreende vários painéis que vão possibilitar trabalhar com diversas tarefas.

Assim, além do Painel Assinatura e o Painel Minhas Tarefas, que é um painel de favoritos para cada servidor, a nova versão traz o Painel de Etiquetas o que mais mudou e Rosivaldo promete dedicar mais tempo da live. “Vamos ensinar como movimentar os processos pelas etiquetas, fazer o agrupamento de processo pelas etiquetas, a tirar os processos de uma tarefa para outra que hoje é feito de uma forma bem diferente”.

Na transmissão da manhã será detalhado também como mandar concluso, como levar o processo para uma determinada tarefa e abrir os autos do processo (que hoje se chama detalhe). O que será feito de forma sequencial sem ficar muito tempo em uma única tarefa, segundo o especialista.

– No fim da manhã, às 11h, terá início a live especifica para o público externo que ainda focará a instalação do PJE Office e a importância de mantê-lo configurado e instalado. O instrutor argumenta que sem ele terão bastante dificuldade em começar a trabalhar no sistema atualizado.

As demonstrações começarão a partir do perfil de um advogado, para orientar sobre a distribuição da ação com foco nas partes que foram alteradas; na habilitação dos advogados no processo e substabelecimento que hoje não existe. “Hoje, o advogado dono do processo que precisa substabelecê-lo para outro precisa peticionar para a Secretaria fazer. O que não será mais necessário: o próprio advogado poderá fazer”, destacou.

Ainda será comentada as alterações na questão dos processos em segredo que hoje não é possível vê-lo com uso de login e senha, nas respostas dos expedientes e o caso da leitura do documento do magistrado quando é publicado a decisão no Diário de Justiça Eletrônico (DJE). “Normalmente os advogados ficam ansiosos, porque não conseguem ler até ser publicado no DJE”, pontuou Rosivaldo.

– A live das 14h será para os magistrados e assessores que começará da mesma forma pelo acesso e ainda repetirá os mesmos painéis das Secretarias que serão iguais com destaque para o de Etiquetas que teve maior mudança. Serão orientados sobre as mudanças específicas como na diferença do uso da assinatura do magistrado que de 25 foram reunidas em apenas três tipos de tarefas.

Ainda para esse usuário específico, o especialista explicará ao vivo se o documento foi feito corretamente, se tem conteúdo e se tem movimentação. “Temos que deixar bem claro como que vai funcionar. Direcionar a saída de uma tarefa para outra, que houve uma mudança pequena, mas houve”, disse adiantando que também mostrará todos os autos do processo, do controle do segredo do processo e a liberação dos processos em segredo.

Enquanto o novo ambiente virtual não entra em funcionamento, público interno e externo pode fazer testes e conhecer melhor o PJE 2.0 no link de adaptação disponibilizado pela CTI do TJMT.

Os usuários também podem realizar a autocapacitação que está disponível no hotsite do PJe. Clique AQUI.

Assista as lives em nossas redes sociais:

Instagram – Clique AQUI.

Facebook – Clique AQUI.

Youtube – Clique AQUI.

 

(http://pjeinstitucional.tjmt.jus.br/#!primeirospassos)

 

Por; Sílvia Devaux

5, setembro, 2018|