Secretaria de Saúde repassa R$ 5,8 milhões para custeio de UTIs

O Governo do Estado de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), repassou aos Fundos Municipais de Saúde o valor total de R$ 5.865.838,24, destinado ao custeio de leitos em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Efetivado na sexta-feira (02), o repasse faz referência à competência de abril de 2019.

Dividido entre cinco municípios mato-grossenses, o valor foi destinado a Cuiabá (R$ 3.219.159,24), Várzea Grande (R$ 396.704,00), Tangará da Serra (R$ 1.258.075,00), Juína (R$ 388.700,00) e Lucas do Rio Verde (R$ 603.200,00).

Na capital, o recurso deve ser repassado ao Hospital Infantil e Maternidade Femina, ao Hospital de Câncer, ao Pronto Socorro Municipal, ao Hospital Geral Universitário, ao Hospital Santa Helena e ao Hospital Júlio Muller. Em Várzea Grande, o repasse é integralmente destinado ao Pronto Socorro Municipal.

Parte do montante ainda é concedido à Sociedade Juinense de Diagnóstico, de Juína, ao Hospital das Clínicas e ao Hospital Santa Ângela, de Tangará da Serra, e ao Hospital São Lucas, de Lucas do Rio Verde.

A secretaria adjunta de Aquisições e Finanças da SES-MT esclareceu que os recursos já foram transferidos pela Secretaria de Estado e repassados aos Fundos Municipais de Saúde, que efetivam os pagamentos por serviços executados pelas unidades hospitalares.

Outros repasses

Nesta semana, a SES-MT também efetivou o repasse total de R$ 1.377.642,66 aos Fundos Municipais de Cuiabá e Rondonópolis. O recurso é proveniente da 12ª parcela do Fundo Estadual de Equilíbrio Fiscal (Feef) e destinado ao custeio de ações emergenciais na área da Saúde.

Conforme consta no DOE, foi repassado o valor de R$ 1.046.051,25 para a capital do estado, que deve destinar a verba ao Hospital do Câncer de Mato Grosso, ao Hospital Geral Universitário, ao Hospital Santa Helena e ao Instituto Lions da Visão.

A gestão municipal de Rondonópolis receberá o montante de R$ 331.591,41, que deve ser transferido integralmente ao Hospital Santa Casa do município.

Os investimentos têm como objetivo a melhoria e a eficácia do atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) em Mato Grosso.

Fonte; SES-MT/ Foto; Reprodução
6, agosto, 2019|