Ribeirinho: consulta ajuda aposentada a fazer cirurgia

21/01/2019 – Três anos. Esse foi o tempo que dona Ana Amorim Silva, moradora da cidade de Barão de Melgaço, teve que esperar para poder se consultar com um médico oftalmologista. Isso só foi possível graças ao projeto do Poder Judiciário de Mato Grosso e Defensoria Pública Estadual, o Ribeirinho Cidadão, que em esteve no município e, em sua última edição, realizou o sonho da aposentada de 62 de poder ser encaminhada para fazer cirurgia e voltar a enxergar.

Com os dois olhos com catarata, a cidadã melgacense conta que não enxergava quase nada e que após passar por consulta com o especialista, foi encaminhada para cirurgia e hoje leva uma vida bem melhor. Ela diz que se não fosse o projeto Ribeirinho Cidadão, provavelmente estaria sem enxergar até hoje.

“Eu cheguei cedo para pegar a senha, fazer a ficha e logo fui atendida. Achei muito bom eles virem até a cidade e agradeço a Deus por isso e a todos os que trabalharam para nos ajudar”, afirmou.

Durante o Ribeirinho Cidadão a coordenação instala estrutura para triagem e atendimentos  com o objetivo de atender a demanda reprimida em cidades como Barão de Melgaço, onde não há médico oftalmologista disponível para a população do município e também das regiões vizinhas. Equipes também se deslocam para as comunidades mais distantes e de difícil acesso para levar atendimentos àqueles que não conseguem se locomover até a Capital.

Na consulta, dona Ana passou pelos aparelhos para fazer exames oftalmológicos e enquanto esperava ser atendida ela conta que conversava com as pessoas, seja as que estavam esperando atendimento ou aqueles que estavam ali trabalhando.

“Era muita gente, estava lotado e tudo organizado, arrumadinho. Foi só alegria. Conheci muitas pessoas, médicos, voluntários que estavam nos ajudando. Eles tiveram muito cuidado com a gente, pegavam em nossa mão e nos conduzia para onde o exame era realizado. Isso que faz a diferença”, relatou.

Hoje, após realizar a cirurgia de catarata nos dois olhos, ela diz que vê as coisas, literalmente, com outros olhos e toma os devidos cuidados com a claridade. “É muito bom enxergar novamente. Graças ao Ribeirinho Cidadão, que fez meu encaminhamento para a cirurgia, hoje vivo mais feliz. Obrigada a todos que me ajudaram e atenderam. Sou grata a Deus por isso”, falou, em tom de contentamento.

A 12ª edição do Ribeirinho Cidadão será realizada de 4 a 25 de fevereiro, em duas etapas: fluvial e terrestre e vai abranger os municípios de Santo Antonio do Leverger, Barão de Melgaço, Poconé e Juscimeira e diversas comunidades dessas regiões.

Por; Dani Cunha

21, janeiro, 2019|