Polícia conclui inquérito e Neymar não é indiciado

O caso Neymar Najila Trindade chegou ao fim. Nesta segunda-feira a Polícia Civildecidiu não indiciar o atacante do PSG por crime de estupro. A investigação havia sido estendida por mais de 30 dias, após pedido da própria delegacia no dia 1º de julho.

No dia 31 de maio, Neymar foi acusado de agredir e estuprar a modelo em um hotel em Paris, duas semanas antes. À época da divulgação do caso, ele estava concentrado com a Seleção Brasileira na Granja Comary para a disputa da Copa América.

Na próxima terça-feira a delegada responsável pelo caso concederá uma entrevista coletiva. Também estarão na coletiva o diretor do Departamento de Polícia Judiciária da Capital (Decap), Albano David Fernandes, e o delegado titular da 6ª Seccional, Cosmo Stikovics Filho.

 

Fonte; LANCE

30, julho, 2019|