PM liberta reféns e frustra roubo de quatro veículos em Pontes e Lacerda

Em Pontes e Lacerda (a 484 km de Cuiabá), policiais do 18º Batalhão e da Força Tática de Polícia Militar libertaram dois reféns, um homem e uma mulher, prenderam oito suspeitos e desmontaram uma organização criminosa que planejava atravessar a fronteira levando de uma única vez quatro veículos roubados para a Bolívia.

A ação policial aconteceu na noite de segunda-feira (04.03), no bairro Vila Guaporé. Policiais faziam rondas pelo bairro quando suspeitaram de um Fiat Uno no qual havia três homens e decidiram abordá-lo. Os ocupantes ficaram nervosos e entraram em contradição quando indagados sobre o destino de um galão de 20 litros de combustível que estava dentro do carro.

Depois de confrontar informações, os policiais descobriram que o trio fazia parte de um grupo que acabara de invadir uma casa no mesmo bairro, onde um casal estava sendo mantido refém e de onde os ladrões pretendiam roubar carros e motocicletas.

Assim que se aproximaram do endereço indicado pelos suspeitos, os policiais avistaram um homem correndo pelo telhado. Esse mesmo homem passou a atirar na direção da equipe da PM e depois saltou o muro e se embrenhou em uma área de mata.

Os policiais entraram na casa e, para surpresa deles, descobriram que lá havia três assaltantes que mantinham um casal refém, sob a mira de armas. A partir daí começaram as negociações até que os ladrões se renderam e o casal foi libertado.

Além dos três suspeitos do Uno e os três que estavam na casa, a PM logo prendeu mais dois, esses estariam na parte externa dando apoio ao roubo. Com um deles foram apreendidos US$ 3,8 mil, dinheiro que seria para as despesas do bando que levaria os carros para a Bolívia. Também foram aprendidas uma pistola calibre .635 e um revólver 38, além do Uno e de um Corsa usados pelos suspeitos.

Os veículos que eles pretendiam roubar eram uma caminhonete Hilux, um Corolla, um Etios e uma motocicleta Titan 160. O plano traçado pelos criminosos, frustrado pela PM, era de roubar os veículos e manter a família refém, sem apresentar queixa à polícia, até que todos os veículos chegassem à Bolívia.

Dos oito preso, seis declaram que são moradores de Pontes e Lacerda (M.M., 18, R.F.B., 21, D.J.S.N., 27, R.H.B.S., 28, E.A.S.S., 19, B.G.B.S., 30), um de Cáceres (M.G.P., 24), e o adolescente (F.F., 17) é morador de Vila Bela da Santíssima Trindade.  Essa ação empregou mais de 20 policiais militares.

 

Por; Alecy Alves | Secom-MT

Foto; Reprodução

6, março, 2019|