Palmeiras empata com o Atlético-MG e Fla abre na liderança

De volta ao Alllianz Parque, o Palmeiras contou com a genialidade de Dudu para arrancar ao menos um empate na tarde deste domingo. Sob os olhares de Mano Menezes, que assistiu à partida das tribunas, o time comandado à beira do campo por Sidnei Lobo teve a pior atuação desde a chegada do treinador e saiu atrás do Atlético-MG, mas, graças a um belo gol do camisa 7, igualou o placar em 1 a 1. Nathan marcou para o Galo.

Palmeiras e Atlético-MG empatam no Allianz Parque.
Palmeiras e Atlético-MG empatam no Allianz Parque.
Foto: Rahel Patrasso / Reuters
Com o resultado, o Palmeiras segue na vice-liderança do Campeonato Brasileiro e vai aos 47 pontos, mas vê o Flamengo (52), que bateu a Chapecoense pela manhã, abrir cinco de vantagem na ponta e o Santos (44) encostar na briga pela segunda posição. O Peixe, inclusive, é o próximo adversário da equipe palestrina, em duelo marcado para esta quarta-feira, ás 21h30 (de Brasília), na Vila Belmiro.

O Atlético-MG, por sua vez, arranca um valioso empate fora de casa, vai aos 31 pontos e figura na 11ª posição. O time alvinegro volta aos gramados nesta quinta-feira, quando visita o Flamengo, às 20 horas (de Brasília), no Maracanã.

Atlético-MG neutraliza ataque palestrino e sai na frente

Usando uma formação com três zagueiros pela primeira vez no ano, Atlético-MG deixou clara sua intenção: esperar o Palmeiras no campo de defesa e escapar em contra-ataques. E a estratégia teve frutos nos primeiros 15 minutos, quando Otero cobrou falta de longe para defesa de Weverton e Di Santo perdeu grande chance após cruzamento do venezuelano.

Apesar de controlar a posse de bola, o Palmeiras, sem criatividade no setor de criação e abusando das bolas longas, ofereceu real perigo ao Galo já na segunda metade do primeiro tempo. Em chute de Lucas Lima, Willian recebeu na cara do gol e foi às redes, mas o assistente invalidou o tento ao assinalar o impedimento.

À vontade diante de um Verdão apático, o Atlético-MG ainda colocou Weverton para trabalhar mais duas vezes antes de abrir o placar aos 47 minutos. Nathan recebeu na entrada, carregou como quis, pedalou e arrematou cruzado para marcar um belo gol.

Nathan marcou para o Galo (Foto: Divulgação/CAM)
Nathan marcou para o Galo (Foto: Divulgação/CAM)

Foto: Gazeta Esportiva

Dudu tira lindo passe da cartola e garante empate ao Palmeiras

Ciente da necessidade de uma virada para não deixar o Flamengo disparar, o Palmeiras até voltou do intervalo mais eficiente no ataque e assustou com Borja e Bruno Henrique, mas ainda era muito pouco para tirar a condição tranquila do Galo no jogo. Assim, Sidnei Lobo, substituindo o suspenso Mano Menezes na beira do campo, mudou a formação, sacou o apagado Lucas Lima e colocou Deyverson.

A dupla de atacantes, no entanto, não mudou o panorama da partida e persistiu apenas por 10 minutos, até Borja dar lugar a Gustavo Scarpa. Logo em seguida, Deyverson recebeu cruzamento, se antecipou à marcação e cabeceou para as redes. O assistente, porém, entrou em ação de novo e anulou o tento.

Sem conseguir construir chances de gol, coube a Dudu tirar um lindo passe da cartola para empatar. O camisa 7 deixou dois marcadores para trás ao dar uma cavadinha para Gustavo Scarpa, que devolveu para o ídolo palestrino bater seco, de chapa, marcando um belo tento.

Depois de quase 80 minutos de pouca produção no ataque, o Palmeiras renovou suas energias com o gol, pressionou e por pouco não conseguiu a virada. Vitor Hugo subiu alto após cobrança de escanteio e Cleiton apareceu para fazer defesa providencial, decretando o 1 a 1.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 1×1 ATLÉTICO-MG

Data: 06 de outubro de 2019, domingo

Local: Allianz Parque, em São Paulo-SP

Horário: 16 horas (de Brasília)

Público: 32.659 pessoas

Renda: R$ 2.052.902,35

Árbitro: Rafael Traci (SC)

Assistentes: Henrique Neu Ribeiro (SC) e Alex dos Santos (SC)

VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)

Cartões amarelos: Gustavo Gómez, Deyverson e Dudu (PAL). Luan, Leonardo Silva, Di Santo e Cleiton (CAM)

GOLS:

ATLÉTICO-MG: Nathan, aos 47 minutos do 1°T.

PALMEIRAS: Dudu, aos 37 minutos do 2ºT.

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Felipe Melo (Raphael Veiga), Bruno Henrique e Lucas Lima (Deyverson); Willian, Dudu e Borja (Gustavo Scarpa)

Técnico: Sidnei Lobo

 

Fonte; Estadão Conteúdos

7, outubro, 2019|