OAB-MT discute com prefeito criação de programa de geração de emprego para migrantes

Em 25 de junho é celebrado no Brasil o Dia do Migrante. A data foi instituída em 1957 e relembra a história do próprio país. Em meio a este período de reflexão, a Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT) reúne-se, nesta quinta-feira (27), com o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, para discutir a criação de um programa de empregos para os migrantes residentes na Capital.

A estimativa da Casa do Migrante é de que, atualmente, cerca de 8 mil pessoas vindas de outros países residam em Cuiabá e Várzea Grande. A maioria é de haitianos e venezuelanos, mas também há grupos de senegaleses, cubanos, colombianos, indonésios e sírios.

A entidade conta com um serviço de apoio para a inclusão dessas pessoas no mercado de trabalho, fazendo o acompanhamento e orientação para a emissão dos documentos necessários e o intermédio entre a oferta de vagas.

Profissionais de nível superior, médio e dispostos a construir uma nova vida buscam uma colocação no mercado de trabalho, independentemente de suas áreas de formação.

Iniciativa da Comissão de Direitos Humanos da OAB-MT, a reunião será realizada às 14h30 no gabinete do prefeito, no Palácio Alencastro.

Redação  JA/ Foto; Reprodução

27, junho, 2019|