Novas convocações dos aprovados no seletivo do HMC acontecem na próxima semana

A Empresa Cuiabana de Saúde Pública (ECSP) fará, na próxima semana, novas convocações dos aprovados no processo seletivo promovido pela Prefeitura de Cuiabá para a contratação do quadro de profissionais do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC), Dr. Leony Palma de Carvalho.

Os chamamentos para as 1.247 vagas tidas como imediatas, estão acontecendo de forma gradual conforme o funcionamento por etapas do HMC. Do total de aprovados, 240 já foram convocados e capacitados para as funções e devem  iniciar os trabalhos na segunda-feira (02).  Segundo a ECSP os chamamentos das vagas imediatas continuarão acontecendo até que o HMC seja 100% entregue à população.

De acordo com o diretor geral da ECSP, Alexandre Beloto as convocações estão seguindo rigorosamente os critérios estabelecidos e divulgados no Edital nº 01/2019/ECSP, bem como as homologações do resultado final, publicado no Diário Oficial do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso (TCE) no dia 13 de agosto.

“Estamos seguindo criteriosamente o edital do seletivo HMC, bem como todas as portarias que estão sendo publicadas no TCE, conforme determinou o prefeito Emanuel Pinheiro. Os aprovados precisam ficar atentos ao site da Selecon e da Prefeitura, pois na próxima semana haverá uma nova convocação. Candidatos aprovados para cargos imediatos serão chamados de acordo com as etapas inauguradas da unidade hospitalar”, explicou o diretor.

SELETIVO

O seletivo que tem ainda 600 cadastros de reserva irá atender, excepcional e temporariamente, o exercício das funções com exigência em níveis médio, médio técnico, superior e superior com especialização e terá validade de oito meses – podendo ser prorrogado conforme prerrogativas legais da Prefeitura e órgãos de controle por igual período. Os novos servidores receberão entre R$ 1.127,39 e R$ 5.522,02 mensais. Além dos salários iniciais, os aprovados ainda terão acréscimos como insalubridade, auxílio alimentação, dentre outros inerentes ao regime jurídico dos contratos temporários com base na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

 

Redação JA com informações Assessoria imprensa Prefeitura Cuibá

Foto; Gustavo Duarte

30, agosto, 2019|