Membros da OAB-MT recebem capacitação sobre o SEEU

A ex-presidente da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil seccional de Mato Grosso (OAB-MT) e ativista das lutas da categoria, Betsey Polistchuck de Miranda, entende que a implantação do Sistema Eletrônico de Execução Unificado (SEEU) é a realização de um sonho. A advogada, que atuou por mais de duas décadas na área criminal, foi uma das participantes da segunda turma da capacitação oferecida pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) em parceria com o Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT).

 

A capacitação foi realizada no auditório da sede da OAB-MT, durante a manhã e tarde dessa segunda-feira (25 de março). Nas duas turmas de treinamento os participantes puderam esclarecer as dúvidas diretamente com a capacitadora indicada pelo CNJ, a servidora do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) Gislene Sousa Salomão. O minicurso foi transmitido ao vivo pelo canal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) no YouTube, onde o vídeo ficará disponível. Assista AQUI. https://www.youtube.com/watch?v=0kYJtxgqXaQ

 

De acordo com a servidora do TJMG, o SEEU representa um avanço, pois o advogado poderá se manifestar no processo de onde ele quiser. “Além disso, essa versão tem a possibilidade do autocadastro, e o próprio profissional pode se incluir no sistema, fazer peticionamentos, tudo de onde ele estiver. Isso é um ganho imenso aos advogados e aos sentenciados. O sentenciado sairá do cárcere no dia exato do cumprimento de sua pena”, explicou Gislene.

 

Segundo Betsey Miranda, o SEEU é genial, uma vez que unifica os sistemas penais de todo o país. “Achei muito boa essa inovação e especificamente saber que todas as execuções penais do país terão o mesmo sistema”, pontuou.

 

Além disso, a advogada enalteceu a possibilidade de o sistema calcular a pena automaticamente. “Nessa conta está a vida de um reeducando e onde está a parte mais importante. Quando se está preso em um sistema monstruoso, como o nosso, cada dia é muito significativo para quem está preso. Só quem está lá sabe o quanto esse cálculo é relevante. O avanço é para todo o sistema penal, uma coisa que vem sendo há muitos anos tentada e é realmente um privilégio poder ver com meus próprios olhos a realização desse projeto”, comentou.

 

Cadastramento – Para utilização do SEEU, o profissional da advocacia deve se cadastrar no sistema. O cadastro é simples e rápido. Aqueles que já possuem o certificado digital podem fazê-lo acessando este link AQUI. https://seeu.pje.jus.br/seeu/usuario/advogadoCertificado.do?actionType=carregar

 

Tutorial – O TJMT disponibilizou um link de acesso direto a todas as informações sobre o funcionamento do SEEU. Confira aqui. https://seeu.tjmt.jus.br/

 

 

Por; Ulisses Lalio

26, março, 2019|