Marta faz, mas Brasil perde para a Austrália de virada

A Seleção Brasileira sofreu com a pressão desde o primeiro minuto e não conseguiu segurar a Austrália na segunda etapa, perdendo por 3 a 2 na segunda rodada da fase de grupos da Copa do Mundo. Marta e Cristiane fizeram para as brasileiras, mas Logarzo, Foord e Mônica, contra, deram o resultado positivo para as australianas. A partida aconteceu no Stade de la Mosson, em Montpellier (FRA).

Na próxima rodada, o time de Vadão encara a Itália, que ainda encara a Jamaica nesta sexta-feira. Atualmente, apenas as jamaicanas não tem três pontos no Grupo C. A Seleção não terá Formiga no último jogo da primeira fase. Ela levou cartão amarelo nas duas partidas disputadas até o momento e está suspensa.

Brasil x Austrália
Brasil x Austrália

Foto: PASCAL GUYOT / AFP / LANCE!

Brasil aproveita chances

Amassado atrás nos primeiros minutos, a Seleção Brasileira demorou a acertar a forma de jogar, mas achou no contra-ataque a melhor forma de chegar ao ataque. Com a linha de quatro completa, com Marta, Cristiane, Debinha e Andressa Alves, as brasileiras mostraram qualidade quando tiveram oportunidades. Aos 26 minutos, Letícia Santos foi puxada pela camisa por Knight na área e a árbitra assinalou a penalidade. Marta foi para a cobrança e abriu a contagem. Em belíssima jogada de Tamires, Cristiane aproveitou cruzamento de Debinha para ampliar.

Pressão da Austrália

Do outro lado, a seleção australiana pressionou, achando espaços com facilidade no campo defensivo do Brasil. As bolas aéreas foram a principal arma. O Brasil tentou marcar em cima, mas errou muito com a bola nos pés. Apesar das “Matildas” demorarem a levar perigo ao gol de Bárbara, os cruzamentos não pararam e deram certo no fim da primeira etapa. Em bola alçada, Mônica não conseguiu tirar e Foord apareceu para marcar.
Problemas brasileiros

E o gol no fim mexeu com a confiança do Brasil. A Austrália precisou de 23 minutos na segunda etapa para conseguir a virada. Em lances parecidos e mais bolas cruzadas na área, Logarzo, aos 12, e Mônica, contra, aos 23, colocaram as Matildas na frente. A defesa já havia sido um ponto fraco desde a estreia e algo destacado durante a preparação brasileira. A saída de Formiga para a entrada de Luana também expôs mais o setor.

Sem reação

A Seleção Brasileira não conseguiu mostrar reação. Sem as referências, principalmente após a saída de Marta, a equipe viu a Austrália aproveitar os espaços e segurar bem na defesa. Andressa Alves ainda reclamou de um pênalti já nos acréscimos, mas a árbitra não deu.

FICHA TÉCNICA
AUSTRÁLIA 3X2 BRASIL

Data/hora: 13/06/2019, às 13h
Local: Stade de la Mosson, em Montpellier (FRA)
Árbitra: Esther Staubli (SUI)
Auxiliares: Sian Massey (ING) e Susanne Küng (SUI)
VAR: Bastian Dankert (ALE)

Cartões amarelos: Formiga, Andressa Alves, Luana (BRA)
Cartões vermelhos: –
Gols: Marta (26’/1ºT), Cristiane (40’/1ºT), Foord (46’/1ºT), Logarzo (12’/2ºT), Mônica – contra (23’/2ºT)

AUSTRÁLIA (Técnico: Ante Milicic)
Williams; Carpenter, Catley, Kennedy, Kellond-Knight; Yallop, Logarzo; Gielnik (Raso – 26’/2ºT), Kerr e Foord (Roestbakken – 48’/2ºT).

BRASIL (Técnico: Vadão)
Bárbara; Letícia, Kathellen, Mônica, Tamires; Formiga (Luana – INTERVALO), Thaisa, Debinha; Andressa Alves, Marta (Ludmilla – INTERVALO) e Cristiane (Bia Zaneratto – 29’/2ºT).

13, junho, 2019|