Lavagem das Escadarias é inserida no calendário de eventos de Cuiabá

03/10/2018 – A Lavagem das Escadarias da Igreja Nossa Senhora do Rosário e São Benedito foi incluída no calendário oficial de eventos de Cuiabá, por meio da Lei nº 6.304, sancionada pelo prefeito Emanuel Pinheiro (MDB). O projeto foi proposto pelo Vereador Delegado Marcos Veloso (PV).

“Estamos fazendo justiça para com a tradição brasileira. Esse reconhecimento vem fazer um resgate cultural, que permeia questões religiosa e histórica de um povo e precisa ser valorizada. O objetivo é proporcionar maior visibilidade e crescimento a essa questão no contexto histórico”, ressaltou o parlamentar.

A Lavagem das Escadarias da Igreja Nossa Senhora do Rosário e São Benedito acontecerá anualmente, sempre no segundo sábado que antecede a procissão de encerramento dos festejos de São Benedito. Festa essa considerada como uma das festas religiosas mais tradicionais e populares de Mato Grosso.

No contexto histórico consta que a Igreja Nossa Senhora do Rosário, construída em arte barroca, foi levantada por um grupo de escravos compostos por negros forros e escravos libertos, denominado de “Irmandade de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos de Cuiabá”.

Com a incorporação da capela de São Benedito a construção, a população negra foi aos poucos sendo excluída do complexo. Com o passar dos anos, a Irmandade de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos de Cuiabá foi sendo enfraquecida e acabou esquecida.

A tradição mostra que a lavagem nas Igrejas é de origem portuguesa, absorvida pelo sincretismo africano em sua feição. A tradição católica consistia em penitência e promessas aos santos de maior adoração, de varrer, lavar, enfeitar e zelar das Igrejas.

Da África, os escravos trouxeram para o Brasil a cerimônia de “Águas de Oxalá”, que consiste em uma procissão representando a viagem de Oxalá. O ritual afro simboliza uma homenagem a Oxalá, com rezas, cantos e oferendas. Com muita água de cheiro vão lavando e varrendo, pedindo misericórdia e perdão.

3, outubro, 2018|