Justiça Eleitoral aguarda 65% dos eleitores de Diamantino para revisão com biometria

30/01/2019 – Cerca de 10 mil eleitores de Diamantino ainda não fizeram a revisão de seus dados com biometria e podem ter seus títulos eleitorais cancelados. Pelo levantamento realizado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) nesta quarta-feira (30.01), 65% do eleitorado está sujeito ao cancelamento. Os eleitores têm até o dia 29 de março para comparecerem no Cartório Eleitoral. A Justiça Eleitoral orienta os eleitores a não deixarem para os últimos dias.

“Estamos atendendo em regime de plantão, diariamente, das 07h30 às 19 horas. Mesmo com este esforço, em alguns momentos do dia todos os nossos atendentes ficam aguardando o comparecimento do eleitor. Quanto mais o eleitor deixar para última hora, para o prazo final da revisão, maior a sua chance de enfrentar filas, de ter que esperar durante muito tempo para ser atendido. Estamos ofertando todo o conforto necessário para o eleitor, mas precisamos que a população participe”, destacou a chefe de cartório da 07ª Zona Eleitoral, Maria de Fátima.

O Cartório Eleitoral da 07ª Zona está localizado na Travessa Antônia Paes da Costa, 43, Centro de Diamantino, ao lado da igreja Matriz. Após o dia 29 de março, a revisão será homologada pela Justiça Eleitoral e serão cancelados os títulos dos eleitorais de todos os eleitores que não fizeram a biometria.

O eleitor com o título cancelado não poderá: se inscrever em concurso ou prova para cargo ou função pública, investir-se ou empossar-se neles; obter passaporte ou carteira de identidade; renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo; e participar de concorrência pública ou administrativa da União, dos estados, dos territórios, do Distrito Federal ou dos municípios, ou das respectivas autarquias.

Para fazer a revisão com cadastro biométrico o eleitor deve procurar o cartório eleitoral situado na Rua João II, n. 849, Atlântico, que está aberto ao público das 07h30 às 13h30. É necessário apresentar um documento oficial de identificação (RG, CNH, carteira de trabalho, carteira profissional, dentre outros definidos em lei), e comprovante de residência (conta de luz, água, telefone, boleto de IPTU, contrato de aluguel, dentre outros definidos pelo Juiz Eleitoral). No caso de homens com mais de 18 anos e que irão requerer a primeira via do título (alistamento), é necessário também, apresentar o comprovante de quitação com o serviço militar.

Por;  Daniel Dino

30, janeiro, 2019|