Juíza vistoria obras do novo Pronto Socorro de Cuiabá

23/01/2019 – A juíza Célia Regina Vidotti da Vara Especializada de Ação Civil Pública e Popular de Cuiabá realizou uma inspeção nas obras do novo Pronto Socorro da Capital nesta terça-feira (22/01). Ela emitirá relatório da inspeção que norteará os trabalhos do Executivo Municipal para a liberação da obra. “Hoje fiz uma vistoria observando a parte estrutural do hospital, com os documentos do processo verificarei a parte cronológica, concurso público e todas as outras questões atinentes a administração pública”, explicou a magistrada.

O Ministério Público ingressou com Ação de Tutela Provisória Antecipada contra o Município de Cuiabá. Entre os pedidos do MP estão a apresentação da estimativa orçamentária, o lotacionograma indicando o qualitativo e quantitativo de mão de obra e o plano operacional que definirá como se dará a transferência dos serviços prestados da antiga unidade para a futura. O MP também indicou que embora a obra esteja sendo realizada há três anos, somente a um mês o Conselho Municipal de Saúde foi convocado em caráter de urgência para aprovar o plano ou modelo de gestão e a contratação da empresa Cuiabana de Saúde Pública.

A magistrada foi acompanhada pelo prefeito Emanuel Pinheiro, o secretário de Saúde de Cuiabá Luiz Antônio Possas de Carvalho e os promotores, Mauro Poderoso de Souza, responsável pela Promotoria de Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa e Alexandre Guedes do Núcleo de Cidadania do Ministério Público de Mato Grosso.

O grupo visitou dezenas de ambientes, entre eles o das UTIs, consultórios, ambulatórios, salas de exames e cirurgia, isolamento, semi-intesivo, entre outros.

“O Ministério Público como parte da ação está preocupado com o funcionamento do Pronto Socorro, com os servidores que irão operacionalizar este hospital. O que desejamos é que a estrutura funcione o mais rápido possível dentro das condições técnicas adequadas para isto”, ressaltou o promotor Alexandre Guedes. Ele também reforçou a preocupação com um plano adequado de transferência dos serviços do antigo Pronto Socorro para o futuro prédio e que seja feito de forma adequada.

Secretário Municipal de Saúde de Cuiabá, Luiz Antônio Possas de Carvalho afirmou que todas as providências estão sendo tomadas para a liberação da obra. “Precisaremos de uma logística clínica e de contratação de pessoal pra poder efetivamente começar. Assim que tivermos a liberação iniciaremos a parte ambulatorial e em seguida daremos andamento às outras etapas. Pretendemos até o dia 8 de Abril gradativamente transferir os pacientes para este novo prédio”.

“Como cuiabano e prefeito da cidade vi as pessoas com brilho nos olhos. Estamos cumprindo todas as etapas e ansiosos para colocar o Pronto Socorro a serviço da população”, concluiu o prefeito.

Por; Ranniery Queiroz/ Foto; Reprodução

23, janeiro, 2019|