juiz Jamilson Haddad Campos decreta prisão de empresário que bateu em filha de Luiz Pagot

A  filha do ex-secretário de Estado e ex-diretor geral do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte), Luiz Antonio Pagot, Ele foi secretário durante a gestão de Blairo Maggi. Ela foi agredida pelo empresário Breno Pereira Alves, com quem teve um relacionamento até novembro do ano passado.  Confirmou do incidente foi feita pelos familiares da vítima e fonte do Judiciário.

O juiz Jamilson Haddad Campos, da Primeira Vara da Violência Doméstica de Cuiabá, decretou a prisão preventiva do agressor por agressão e cárcere privado, tudo aconteceu em um final de semana, entre os dias 4 e 5 deste mês..O mandado de prisão foi expedido na última sexta-feira (17) e, desde o final de semana, está nas mãos de um oficial de Justiça para o seu cumprimento.

Segundo conta no BO na delegacia, a vítima, então, teria concordado em ir até a residência do acusado. No local, após uma discussão, ele teria a agredido várias vezes, com socos, chutes e tapas e a mantido em cárcere privado na residência dele.

Segundo um membro da familia, disse que ela ficou com vários hematomas no rosto e na cabeça. Ela  so conseguiu deixar o local porque uma amiga desconfiou da demora de seu sumiço e foi à casa de Breno com uma equipe da Polícia.

Segundo o parente disse que ela está com medo, assim como todos membros da familia. Queremos manter esse sujeito longe dela”, disse.

 

 

Redação JA

 

 

 

 

21, maio, 2019|