Juiz do TJMT profere palestra sobre violência doméstica na Justiça Federal

O juiz Jamilson Haddad Campos, da 1ª Vara Especializada de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher de Cuiabá, proferiu palestra sobre violência doméstica, ciclo da violência e direito sistêmico para juízes e servidores da Justiça Federal, no Dia da Mulher (8 de março), na sede da Seção Judiciária de Mato Grosso.

“Essas temáticas ganham relevância porque trazem qualidade e compreensão aos servidores, aos magistrados e dá uma imagem à sociedade de que a Justiça Federal e o TJMT se preocupam com essa causa”, explicou o juiz de Direito.

Na palestra, o magistrado levou o dado alarmante de que o Brasil é o 5º país no mundo com maior índice de feminicídios; abordou a adoção das medidas protetivas na plataforma do Processo Judicial Eletrônico (PJe), as discriminações institucionais, os efeitos da violência na sociedade, dentre outros pontos.

“É importante para esclarecer, deixar as mulheres mais atentas de seu papel. Todas as mulheres às vezes passam por constrangimentos psicológicos, às vezes agressões psicológicas e vão vivendo como se aquilo fosse normal, e na verdade não é sadio. Com uma palestra dessa as mulheres vão percebendo que o papel delas não é esse, que a mulher tem a sua autonomia”, analisa a psicóloga Eva Jaqueline Gomes.

A psicóloga é integrante do Comitê de Ética e Direitos Humanos da Justiça Federal, que tem a igualdade de gênero como uma das frentes de trabalho. O setor irá compartilhar o material orientativo que o TJMT disponibilizou, por meio da Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar (Cemulher) – presidida pela desembargadora Maria Erotides Kneip.

“Estamos aqui em um momento muito oportuno, de celebração e reflexão sobre o papel da mulher na sociedade. Nós temos muitos pontos em comum com o Tribunal de Justiça e essa parceria é sempre muito produtiva”, acrescentou o juiz-diretor do foro, Pedro Francisco da Silva.

Constelação – Além da palestra na Justiça Federal, o juiz Jamilson Haddad também realizou o ciclo de palestras sistêmicas com mulheres vítimas de violência doméstica na vara onde atua e ainda proferirá palestras com a mesma temática no dia 21 de março para magistrados do Tribunal de Justiça da Paraíba, em João Pessoa.

Por; Mylena Petrucelli

Coordenadoria de Comunicação do TJMT

12, março, 2019|