Judiciário e Anoreg farão parceria social

 

Um dia de prestação de serviços gratuitos à sociedade, incluindo casamentos, segunda via de certidões de nascimento e óbito, até pesquisas de registros de imóveis. Esta é a proposta do “Cartório Amigo – Ações para um futuro melhor”. Projeto idealizado pela Associação dos Notários e Registradores do Estado de Mato Grosso (Anoreg-MT), que terá apoio da Corregedoria-Geral da Justiça (CGJ-MT) do Poder Judiciário de Mato Grosso. A data marcada é 10 de agosto. Para fazer uso dos serviços a pessoa deverá comprovar renda mensal de até 3 salários mínimos.

A proposta de parceria foi apresentada à Corregedoria da Justiça, por intermédio da juíza auxiliar, Edleuza Zorgetti Monteiro da Silva. “Os cartórios são vinculados ao Poder Judiciário, mas especificamente às corregedorias. Será um dia de serviços gratuitos à população mais carente, e, por isso, faremos a parceria”, explicou a juíza, que ainda exemplificou casos especiais que podem ocorrer:  “a pessoa que necessitar de um documento de cartório de outro Estado poderá requer, mas, nesse caso, por envolver serventia de outra unidade da federação terá que pagar a taxa deles. Tabeliões, registradores e notários, querem mostrar que, além dos serviços que prestam todos os dias, podem beneficiar pessoas que não têm condições financeiras”.

Em Cuiabá, o casamento comunitário será realizado às 16h, na sede da Associação Mato-grossense dos Magistrados (Amam), em frente ao Parque das Águas. Nas demais serventias ocorrerá, entre 9h e 17h, conforme marcação de cada local. O requerimento deve ser feito nos próprios cartórios e em Cuiabá na sede da Anoreg. A data para a informação ainda será divulgada.

Em 2018, a Anoreg-MT contou com a parceria da Defensoria Pública do Estado de Mato Grosso, que foi a responsável pela triagem dos documentos para o casamento social. “No interior, as triagens normalmente são feitas pelos registradores civis e, nessa reunião, aproveitamos a oportunidade para demonstrar para a juíza auxiliar, Edleuza, as importantes ações sociais realizadas pelo evento no ano passado”, concluiu Velenice.

Por; Ranniery Queiroz / com assessoria Anoreg

Foto; Reprodução

4, abril, 2019|