Instituições do MT se capacitam no combate à criminalidade em autos

A DEKRA Vistorias realizará em Cuiabá, em Mato Grosso, o Treinamento de Identificação e Procedência Veicular — no dia 21 de setembro, no Auditório da Diretoria da Polícia Civil — para delegados e policiais de investigação veicular, numa parceria com a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Mato Grosso (DERF), Secretaria de Segurança do Estado de Mato Grosso (SESP) e Conselho Nacional de Vistoria Veicular (CNVV). O curso de capacitação visa aperfeiçoar cerca de 70 servidores de diversos órgãos, entre eles a PRF (Polícia Rodoviária Federal) e o DETRAN (Departamento Estadual de Trânsito), para maior facilidade na identificação de veículos adulterados.

Para Gustavo, delegado titular da Delegacia de Repressão a Roubo e Furtos de Veículos Automotores (DRRV), a parceria entre inciativa privada e órgãos públicos para cursos de capacitação como este é muito positiva para a segurança como um todo, pois há um compartilhamento de conhecimentos técnicos e científicos, e assim é possível conseguir mais especialização no combate à criminalidade. “Esse intercâmbio de informações e metodologias possibilita que agentes estatais tenham acesso a técnicas modernas e conhecimento sobre as tecnologias disponíveis, que podem auxiliar nas investigações. Outro ponto positivo são os bancos de dados mantidos pelo setor privado, que tendem a potencializar a obtenção de elementos úteis ao processo investigatório”, completa Arnon Osny Mendes Lucas, que é delegado da Polícia Civil.

O objetivo da capacitação dada pela DEKRA — mundialmente reconhecida como especialista em vistoria automotiva — é repassar conhecimentos adquiridos na área de inspeção aos policiais e demais servidores que atuam no combate aos roubos, furtos e receptações de veículos utilizados para crimes no estado de Mato Grosso e nos casos envolvendo adulteração de chassi e documentação. “Os crimes relacionados a veículos sempre estão ligados a delitos como o tráfico de drogas, receptação, estelionato, entre outros, pois os automóveis subtraídos transformam-se em “moeda de troca” para aquisição de produtos de origem ilícita (como armas, drogas etc.). Deste modo, o trabalho de repressão e investigação desenvolvidos impacta indiretamente a redução dos índices criminais diversos”, explica Mendes Lucas.

Garcia salienta que é mesmo comum os crimes serem conexos — como tráfico de drogas e armas, lavagem de dinheiro, entre outros — e a inspeção veicular profissionalizada reforça o combate aos furtos e receptações de veículos, utilizados para delitos no estado: “A ideia é que os agentes capacitados sejam multiplicadores deste conhecimento adquirido no treinamento para as unidades especializadas e interior, criando uma verdadeira rede de enfrentamento”.

No primeiro semestre deste ano, a Polícia Civil de Mato Grosso lançou — também em parceria com a DEKRA — folders e a Cartilha Compra Segura, que dão dicas básicas de como comprar ou vender um veículo usado e fugir de riscos de fraudes e prejuízos financeiros. “Essas orientações são importantíssimas para o cidadão, pois expõem as modalidades de golpes e fraudes aplicados por criminosos e como as pessoas podem se prevenir desses delitos. O conteúdo teve uma grande aceitabilidade, foram distribuídos materiais impressos e disponibilizada a cartilha no formato digital (www.policiacivil.mt.gov.br/arquivos/File/assessoria-comunicacao/Cartilha_Compra_Segura_online.pdf) “, detalha Mendes Lucas. Da Assessoria

21, setembro, 2019|