Inovação e sustentabilidade são debatidos em congresso educacional, com mais de 1.5 mil pessoas em Cuiabá

Com foco central em inovação, sustentabilidade e humanismo solidário, o V Congresso Nacional de Educação da Anec reuniu cerca de 1.500 profissionais de ensino de todas as regiões do Brasil, em três dias de encontro, em Cuiabá. O encerramento foi nesta quarta-feira (27) com a palestra “Espiritualidade e o desafio da mudança”, com a professora mestra, Irmã Sônia Maria Pinho de Matos, do Pará, e com o professor doutor Antônio Lisboa, de Curitiba.
De acordo com Lisboa, no contexto contemporâneo, torna-se necessário ter um olhar sobre o mundo que não seja apenas cientifico, mas também movido pela fé. “A espiritualidade é algo que nos impulsiona para além da ciência. Precisamos seguir os referenciais de Jesus Cristo na aplicação das nossas metodologias, resgatando a identidade da educação católica”, pontua.
“A proposta da inovação, sustentabilidade e humanismo solidário acontece a partir de uma espiritualidade cristã, baseada exatamente nos horizontes no evangelho, que perpassa nas instituições da rede católica de ensino”, explica Irmã Sônia Maria Pinho de Matos.
Durante os três dias, os participantes contaram com minicursos, celebrações; mesas-redondas; apresentações de cases e TED’s e palestras. Para o professor de atualidades do ensino médio e assessor pedagógico do Colégio Salesiano São Gonçalo, José Francisco Ouvires, toda a programação da Anec trouxe conteúdo prático, excelentes palestras com temas que envolvem discussões em todos os níveis econômico, social e político. “Precisamos trabalhar cada vez mais com indicadores, com coisas reais, com técnicas mais interativas e de forma eficaz”, avalia Ouvires.
Ainda entre as atrações, a feira com estandes nas áreas de tecnologia, educação e fornecedores especializados em ensino, por exemplo. Um ônibus adaptado recolheu lixo eletrônico durante todo o encontro e mostrou a importância da reciclagem desse tipo de material. Como forma também de estimular o uso consciente, os congressistas receberam um copo reutilizável, para não ser preciso o uso de copo plástico durante todo o encontro.
O diretor do Colégio Salesiano São Gonçalo, padre Paulo Vendrame, avalia de forma positiva e enriquecedora todo o encontro e destaca que as trocas de experiências, o compartilhamento de ideias e aprendizado proporcionados no evento, permitirão a partir de agora que os participantes coloquem em prática, de forma sistêmica, em ações e desdobramentos, no dia a dia, em sala de aula. “Os professores saem com uma reflexão mais apurada sobre inovação nas instituições educacionais, capazes de aplicar no cotidiano, junto aos estudantes, enfatiza.
A próxima edição do Congresso da Anec será em 2021, na cidade de Salvador.
Da Assessoria
28, março, 2019|