Governador Mauro Mendes agride jornalista em evento municipalista na AMM

Não foi um murro no rosto nem um rabo-de-arraia, mas o governador democrata Mauro Mendes agrediu o jornalista Pablo Rodrigo, com dois tapas no peito e uma torção no braço direito, no final da manhã desta segunda-feira, 18, na Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), onde acontece um encontro municipalista.

A violência foi praticada ao término de uma conversa informal do governador com jornalistas, no hall de entrada do auditório da AMM. Os colegas de Pablo viram a agressão, mas nenhum esboçou reação.

A conversa de Mauro Mendes com os jornalistas transcorria serena, até que Pablo o questionou sobre recente decisão do juiz da 7ª Vara Federal em Cuiabá, Paulo César Alves Sodré, que acolheu denúncia do Ministério Público Federal (MPF) e o tornou réu numa ação sobre a compra por ele, de um apartamento, em leilão judicial, fato que resultou na aposentaria compulsória da juíza do Trabalho, Carla Reita Faria Leal, também ré na mesma ação. O MPF vê irregularidade nessa compra, motivo que o levou a denunciá-lo por crime de falsidade ideológica.

A compra do apartamento voltou ao noticiário hoje, com uma reportagem do jornalista Alexandre Aprá, do site issoenoticia.com.br

Pablo perguntou como ele fará agora que é réu nessa ação. Antes mesmo da formulação completa da pergunta, Mauro Mendes respondeu que faria do mesmo modo que faz (o jornal) A Gazeta (do Grupo Gazeta de Comunicação) para o qual o jornalista trabalha na editoria Política. Ainda respondendo rispidamente o governador deu dois tapas no peito do entrevistador. Pablo insistiu, a o entrevistado manteve o tom ríspido, torceu seu braço direito e saiu.

O jornalista ficou abalado emocionalmente e disse que ainda não sabe se registrará Boletim de Ocorrência contra o governador, mas destacou que se sentiu agredido fisicamente. Os colegas de Pablo evitaram comentar o caso.

Após a agressão Mauro Mendes participou da abertura do evento, compondo a mesa das autoridades ao lados dos senadores Wellington Fagundes (PL) e Jayme Campos (DEM), deputados federais e estaduais,  de centenas de prefeitos e vereadores e dos dirigentes da AMM liderados pelo presidente Neurilan Fraga.

Em seu pronunciamento no encontro o governador não abordou o caso. À noite, Mauro Mendes recebe os prefeitos em jantar, para tratar de assuntos administrativos.

 

Redação Boamidia

FOTOS: Rogério Florentino 

18, novembro, 2019|