Gestores governamentais participam de palestra sobre carreiras públicas

24/09/2018 – A Associação dos Gestores Governamentais do Estado de Mato Grosso (AGGEMT) realizou, na última sexta-feira (21), a oitava palestra do 1º Seminário de Políticas Públicas e Gestão Governamental. Cerca de 40 servidores da carreira participaram da apresentação “Gestão de pessoas com foco na carreira de gestores governamentais”, com a gestora governamental, psicóloga e mestre em administração e coordenadora de pesquisas da Escola Nacional de Administração Pública (Enap)  Marizaura Reis Souza Camões.

Nesta edição, a gestora Marizaura Camões realizou uma palestra interativa com os participantes e apresentou estratégias para melhorar o rendimento profissional e para a valorização dos gestores governamentais.

Para Marizaura Camões, um dos principais desafios da gestão de carreiras na iniciativa pública é mensurar o serviço, que no caso se trata de valor público. “Na iniciativa privada temos produtos e serviços e como meta o lucro da empresa. Na esfera pública não. Trabalhamos com valores para a população e atuamos de acordo com agentes políticos de múltiplos interesses”.

De acordo com a profissional, falta planejamento de carreiras que permita a ascensão profissional no setor público. No entanto, a carreira de gestor, especificamente, é horizontal e por isso mais dinâmica. “Os gestores governamentais têm como diferencial a transversalidade, que permite o trânsito em diferentes áreas para desenvolvimento de projetos. É preciso buscar capacitações para o desenvolvimento desses profissionais e, consequentemente, melhores resultados para a esfera pública”.

A diretora de estudos e pesquisas da AGGEMT, Rita Volpato, explica que a palestra da oitava edição teve por objetivo apontar as ferramentas para a valorização dos servidores, além de capacitar os gestores governamentais para trabalhar com outros profissionais.

“O perfil generalista dos gestores governamentais muitas vezes é confundido com as atribuições de outras carreiras. A Associação busca justamente pontuar quais são as vocações da carreira para consolidar nossa atuação e mostrar a importância dos gestores no desenvolvimento de políticas públicas”, afirma Rita Volpato.

O gestor governamental Paulo Sérgio Ferreira, em exercício na Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec), explica que os gestores integram uma carreira estratégica dentro do governo, com perfil gerencial e visão geral e que a palestra veio contribuir para apontar caminhos para estes profissionais.

“A apresentação foi muito oportuna porque estamos em um momento de discussão sobre nossa carreira dentro do governo. Buscamos nos capacitar para demostrar nossas atribuições e consolidar nossa atuação na esfera pública”, explica Paulo Sérgio Ferreira.

Marizaura Camões apresentou em sua palestra as características que precisam ser exploradas para o bom desempenho profissional, como a importância das habilidades interpessoais, a motivação, a liderança, o empreendedorismo e comprometimentos.

“Os gestores precisam ter resiliência para exercer sua atividade. É função do gestor identificar os problemas e apontar as soluções, mas nem sempre a conclusão de um projeto ocorre no momento planejado. É preciso que os projetos estejam prontos para que sejam apresentados na oportunidade adequada”, explica Marizaura.

AGGEMT

A Associação dos Gestores Governamentais do Estado de Mato Grosso (AGGEMT) representa 88 dos cerca de 110 profissionais em atuação no governo e trabalha no desenvolvimento de ações para a valorização da carreira. O 1º Seminário é uma iniciativa da AGGEMT para promover a atualização dos profissionais associados e os temas foram escolhidos pelos gestores do estado de Mato Grosso.

A diretora de cultura e comunicação da AGGEMT, Paula Baicere, explica que o seminário atende a uma demanda dos associados por atualização. “Os gestores votaram e a associação está promovendo os cursos de acordo com as necessidades apontadas. Estamos promovendo a capacitação destes importantes profissionais que atuam no desenvolvimento de políticas públicas em todas as áreas do governo”.

Ainda serão realizadas neste ano mais duas palestras aos associados. De acordo com a diretora Rita Volpato, os gestores estão em busca de se capacitar para atuar nas diferentes áreas públicas, conforme a característica da carreira. “O exercício dos gestores governamentais nos órgãos do governo tem como critério identificar as necessidades do setor e a correlação entre as atividades a serem exercidas e as competências inerentes aos gestores”.

Por; Lais Costa Marques

24, setembro, 2018|