FESMP-MT abre inscrições para Pós em Direito Processual Civil em Rondonópolis

Estão abertas as inscrições para o “Curso de Pós-graduação Lato Sensu em Direito Processual Civil” da Escola Superior do Ministério Público de Mato Grosso (FESMP-MT) a ser ministrado na OAB de Rondonópolis a partir de agosto.

O público alvo são os profissionais do direito e áreas afins, diplomados em cursos de graduação ou demais cursos superiores. A coordenação é da professora Jussara Suzi Assis Borges Nasser Ferreira, doutora em Direito pela PUC/SP.

O curso terá carta horária de 360 horas/aula, divididas em 20 disciplinas e atividades
extracurriculares, sendo as aulas ministradas em um final de semana por mês às sextas-feiras das 18h30 às 23h15 e aos sábados das 8h às 12h45 e das 14h às 8h45.

Mais informações pelos telefones (65) 3363-060099658-1800 ou pelo e-mail secretaria@fundacaoescola.org.br.

INVESTIMENTO

 

ü  20 parcelas de R$ 580 – público geral;

ü  Convênio OAB/MT: 20 parcelas R$ 560;

ü  Jovem Advogado (OAB até 5 anos): 20 parcelas de R$ 540 – vagas limitadas;

ü  Pagamento a vista ou em 2 (duas) vezes acumula 10% (dez) de desconto;

ü  Opções de pagamento: boleto bancário, cartões de débito e crédito.

 

Colóquio debaterá Ética, Filosofia Política e Direito dia 27 em Cuiabá

O diretor da Escola Superior do Ministério Público de Mato Grosso (FESMP-MT), Joelson de Campos Maciel, convida para o “I Colóquio de Ética, Filosofia Política e Direito”, nesta quinta-feira (27 de junho), a partir das 19h, no auditório da Procuradoria-Geral de Justiça, em Cuiabá.

Os expositores serão os promotores de Justiça Alexandre de Matos Guedes, da 7ª Promotoria Cível de Cuiabá e Luciana Fernandes de Freitas, da 1ª Promotoria Criminal de Alta Floresta. Os temas abordados serão “Janelas quebradas” e o “O ceticismo moral e a finalidade das penas”, respectivamente.

O debate é gratuito e aberto aos procuradores e promotores de Justiça e também aos juízes, advogados, demais operadores do Direito, bacharéis e acadêmicos.

O objetivo do evento é discutir a função da Justiça, investigando novos conceitos e caminhos de sistemas éticos para possíveis respostas às questões contemporâneas enfrentadas atualmente na sociedade.

Assessoria de Imprensa FESMP

26, junho, 2019|