Executivo, Legislativo e Judiciário vão firmar pacto por reformas em 10 de junho

Um pacto a favor das reformas vai ser assinado no dia 10 de junho pelos três poderes da União. O texto foi apresentado nesta terça-feira (28/5), em encontro dos presidentes Jair Bolsonaro, Rodrigo Maia, Davi Alcolumbre e Dias Toffoli.

O pacto prevê união dos esforços entre os três poderes em torno de uma agenda com cinco pontos: a reforma da Previdência, reforma tributária, pacto federativo, segurança pública e desburocratização.

“Foi um encontro positivo e serviu para mostrar que não há conflito entre os poderes do ponto de vista institucional”, disse o presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli.

Grande Pacto
Em outubro, após o presidente Jair Bolsonaro ser eleito, Toffoli afirmou que o Brasil precisa fazer reformas para retomar o crescimento econômico.

“Passadas as eleições, a sociedade deve voltar a se unir para pensar no desenvolvimento do país. O Brasil tem de retomar o caminho do desenvolvimento, gerar empregos, recobrar a confiança, retomar o equilíbrio fiscal, reduzir as desigualdades sociais e regionais e criar condições para atender às necessidades básicas da população”, pontuou.

Há três reformas essenciais a serem feitas, ressaltou o ministro. “Destaco três: reforma previdenciária, reforma tributária-fiscal e segurança pública. É hora de celebrarmos um grande pacto nacional, para juntos, trilharmos um caminho na busca por reformas fundamentais que precisamos enfrentar”, concluiu – Por; Gabriela Coelho/ Foto; Reprodução VEJA

30, maio, 2019|