Escola Superior do MPMT participa de concurso de artes da Apae Cuiabá

Escola Superior do Ministério Público de Mato Grosso participou de etapa do concurso de cartazes do “Festival Regional Nossa Arte da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae – Cuiabá)”. A gerente acadêmica, Roseli Correa de Souza, foi jurada representando a FESMP-MT e, nesta etapa, a campeã foi o município de Rosário Oeste.

Foram selecionados os alunos: Manoel Severino de Castro – Cuiaba; Neusa Maria Garcia Borges – Rosário Oeste; Natália da Silva – Diamantino; Wagner Francisco de Moraes – Nobres; Henrique BomDespacho da Silva – Chapada dos Guimarães. E também foram jurados Wanclis Pinheiro Poussan e Adriano Bismark da Silva Lucas.

O desenho escolhido será slogan da etapa regional a ser realizado nos dias 26 e 27 de abril em Cuiabá. O vencedor de cada gênero artístico seguirá para a fase estadual em Araputanga de onde sairão os escolhidos para representar a Federação das Apaes de Mato Grosso no Festival Nacional Nossa Arte em Manaus (AM). Cada Federação Estadual se divide em regionais, sendo que em Mato Grosso são sete.

Festival Nossa Arte

O Festival “Nossa Arte” é promovido pela Federação Nacional da Apaes através da coordenadoria Nacional de Artes com a cooperação de órgãos governamentais e não-governamentais, empresas privadas e sociedade geral. A FESMP-MT é uma das parceiras e apoiadoras da Apae de Cuiabá. Leia mais: Alunos da Apae recebem acadêmicos da pós-graduação na FESMPMT

http://www.fundacaoescola.org.br/home/index.php?pg=noticias_det&id=1478&t=1

O Festival ocorre a cada três anos desde 1995 e entre seus objetivos estão promover a arte por meio de apresentações e exposições em diversos gêneros (dança, música, teatro, folclore e artesanato), despertando o gosto pelas atividades com fins educacionais e formativos; congregar as pessoas com deficiência intelectual, associada ou não a outras deficiências, provenientes dos Conselhos Regionais, promovendo intercâmbio social, de modo a ressaltar as instituições que atendem a esse público específico, como espaço cultural, artístico e formativo da comunidade; incluir e integrar a pessoa com deficiência na sociedade; entre outros.

(Com informações da Apae Cuiabá)

Assessoria de Imprensa FESMP

28, fevereiro, 2019|