ELEIÇÕES OAB/VG: Presidente da OAB/VG vai à reeleição e promete dar ‘nova cara’ a Subseção

24/10/2018 – A advogada Flávia Moretti, da Ordem dos Advogados do Brasil, Subseção Várzea Grande (OAB/VG), vai à reeleição para conquistar o terceiro mandato. Em entrevista ao jornalista Geraldo Araújo, do no Ar, nesta terça-feira (23.10), Flávia Moretti destacou as ações realizadas pela atual diretoria – e falou sobre suas pretensões se reeleita para o próximo mandato. Moretti registrou a chapa nesta terça-feira – e disse que sua candidatura é uma decisão de um grupo de advogados.

“Não é uma decisão da Flávia, mas sim de um grupo de advogados que movem a Subseção de Várzea Grande”, disse a candidata.

Segundo ela, além dos advogados de Várzea Grande, fazem parte da 5ª Subseção, os municípios de Nossa Senhora do Livramento, Poconé e Jangada, e estes pediram para que ela permaneça à frente da instituição para dar continuidade aos projetos já implantados – e implementar novas ações, assim como a pós-graduação em andamento nesta gestão na OAB/VG.

“Todos os advogados e advogadas colocaram para mim, que devo continuar à frente na condução dos trabalhos, continuar colhendo, continuar plantando, continuar crescendo e fortalecendo mais ainda a nossa advocacia em Várzea Grande, Nossa Senhora do Livramento, Poconé e Jangada, na próxima gestão. Temos novos desafios, novos objetivos, novas metas a serem alcançadas. Fizemos um trabalho muito bom na questão da ética e disciplina, queremos trabalhar a conscientização do advogado em não cometer infrações éticas. Queremos uma OAB fortalecida sim, uma advocacia fortalecida sim, nós queremos dar continuidade, não só continuar simplesmente, mas sim inovar, crescer”, afirmou a candidata.

Atualmente, a OAB/VG tem mais de 800 advogados inscritos – e segundo Flávia, desde que assumiu a vice-presidência da OAB/VG, na gestão do advogado Silvio, ela tem feito um trabalho junto as faculdades, universidades, com estagiários, para atrair mais inscritos a Subseção. A candidata disse ainda, que tem algumas vantagens o advogado ser inscrito na Subseção, uma vez que ele terá direito ao voto no município e também na OAB estadual e também fazer parte em duas comissões.

Flávia Moretti disse que o município só tem a ganhar fortalecendo a OAB de Várzea Grande, segundo ela, por meio dos Conselhos Municipais a sociedade civil organizada tem um representante da OAB, na defesa da sociedade em diversas áreas.

“Os conselhos municipais são órgãos de representação e de fiscalização dentro do município. Então, a OAB faz sim parte de uma gestão pública, porque ela fiscaliza, ela ajuda, ela coordena os trabalhos da atividade daquele determinado Conselho Municipal, a exemplo, temos o Conselho do Consumidor, onde temos dois advogados que nos representam; o Conselho da Cidade; o Conselho da Mulher e o Conselho da Criança. No Pró-Família a OAB está participando também, no projeto social temos uma cadeira junto ao município para a escolha das famílias carentes”, pontuou.

Moretti lembrou o enfrentamento da OAB – Subseção Várzea Grande -, quando defendeu por meio do Conselho da Cidade a instalação do Parque Tecnológico no município. Segundo ela, havia um projeto para vinda do Parque Tecnológico em Várzea Grande, mas quando o atual governador Pedro Taques (PSDB) assumiu, ele cogitou levar o empreendimento para Cuiabá, Rondonópolis ou Sinop.

“Toda a estrutura do Parque Tecnológico, tudo que tinha feito até então, o termo de referência, os projetos, tudo, era para Várzea Grande. De repente entrou o governo novo, e surgiu a hipótese de o Parque sair de Várzea Grande, e como advogada, eu tomei à frente dentro do Conselho da Cidade para defender o projeto. Pontuamos as condições da doação da área, as condições do município, a necessidade da baixada cuiabana ter um Parque Tecnológico”, lembrou.

Flávia Moretti pontuou o desafio de trazer uma pós-graduação na Subseção que há 30 anos de existência nunca havia oferecido o curso aos seus associados: “Neste ano eu falei, não vou passar sem uma pós-graduação. Há nove anos que estou à frente, sempre quis melhorar o ensino jurídico, a pós-graduação se concretizou este ano, em que a gente formou os convênios. Há 30 anos uma Subseção sem ter um curso de pós-graduação dentro da sede, essa era minha preocupação. Eram tantos temas para escolher para pós, eu falei vou pegar uma pós-graduação simples, que vai aperfeiçoar o advogado de Várzea Grande, e temos muita demanda, escolhemos o Previdenciário”, relatou.

Durante os nove anos, Moretti citou melhorias na estrutura, como estacionamento próprio, câmeras de segurança, portão eletrônico para acesso, aquisição de computadores, caixa de som, data show entre outros: “Hoje temos salas da Presidência e Comissões, porque hoje as Comissões trabalham, elas estão equipadas com computador impressora para reuniões. ” Com Informações VGNoticias/ Foto; Face Flavia Moretti

24, outubro, 2018|