Depois de Neymar, Najila Trindade se envolve em confusão com novo affair

Depois da confusão envolvendo Neymar JrNajila Trindade entrou em uma nova polêmica. A modelo baiana realizou mais uma denúncia por agressão. Desta vez, para o seu novo affair, que é dono de uma rede de pousadas na Bahia.

A informação é do colunista Alessandro Lo-Bianco, do A Tarde é Sua, da RedeTV!, que ainda revelou que a loira se mudou para a Bahia após o caso com o craque brasileiro.

No estado, ela conheceu o homem, que estava em outro relacionamento, mas acabou rompendo-o para ficar com a modelo. Com isso, Najila passou a morar na casa de luxo do novo companheiro junto com seu filho.

O colunista afirmou também que a loira teria feito um acordo com o empresário, prometendo 10% do que acreditou que ganharia por causa da ação contra Neymar pela divulgação de suas fotos íntimas.

No entanto, os vizinhos do casal acionaram a polícia no dia 28 de outubro, alegando que estavam escutando brigas dentro da casa. A maior parte das discussões era relacionada a dinheiro.

Alessandro Lo-Bianco revelou ainda que no encontro com as autoridades, o empresário pediu para que a modelo saísse de sua casa. Najila, por sua vez, o denunciou por agressão contra sua pessoa, mas o caso não foi registrado pela polícia.

Justiça rejeita denúncias do MP contra Najila

A Justiça de São Paulo rejeitou, nesta semana, as denúncias oferecidas pelo Ministério Público paulista contra Najila Trindade, por denunciação caluniosa e extorsão no processo no qual acusou o jogador Neymar de estupro em inquérito arquivado. As informações são do Blog do Perrone, do UOL.

A publicação ainda dá conta que, ainda no mesmo dia, foi aceita a denúncia em desfavor da modelo e de seu ex-marido, Estivens Alves, por fraude processual. O MP pode recorrer da decisão, no caso da rejeição.

Sobre a fraude processual, que corre na 31ª Vara Criminal, a modelo e o seu ex-marido têm dez dias para apresentar defesa por escrito, entre outras providências. A denunciação caluniosa se referia as acusações de Najila por estupro e agressão contra o atacante do Paris Saint-German.

 

Foto Reprodução

7, novembro, 2019|