Convênio irá permitir construção de fórum mais amplo e sustentável em Sinop

Um novo fórum, mais moderno, amplo, acessível e confortável será ofertado pelo Poder Judiciário de Mato Grosso, em parceria com a Prefeitura de Sinop (500 quilômetros ao norte de Cuiabá), para a população local. O convênio para a construção da nova edificação foi assinado na tarde desta terça-feira (9 de julho), na sala da Presidência do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT).

Com aproximadamente 12 mil metros quadrados, a edificação será construída em um terreno de 40 mil metros quadrados, espaço que permitirá a ampliação futura, se necessária. De acordo com os termos, a doação do terreno, a licitação e a construção é de responsabilidade do executivo municipal. Já o financiamento será realizado pela Justiça Estadual. O prazo para vigência do convênio é de 668 dias a partir da assinatura.

Segundo o presidente do TJ, desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha, o prédio será um ganho para a população em geral, operadores do direito, magistrados e servidores. Além da acessibilidade, o prédio também será mais sustentável que o atual.

“Nós estamos investindo fortemente na qualidade do meio ambiente em nossos novos prédios. Estamos adequando as nossas plantas para que elas sejam modernas e ao mesmo tempo sustentáveis, o que é muito importante. Com certeza, quem tem a ganhar com essa nova edificação é a população de Sinop e nós estaremos lá para comemorar mais essa conquista dos sinopenses”, ressaltou o magistrado.

O desembargador pontuou ainda o carinho que tem pela comarca. “Eu passei por lá e tive o prazer de elevar a comarca de Primeira para Segunda Entrância e instalar o Tribunal de Júri. Hoje, depois de 33 anos, assinamos esse convênio com a prefeitura para a construção de um novo fórum moderno e que teremos o prazer de instalar no próximo ano.”

O juiz Tiago Abreu, presidente da Associação Mato-grossenses dos Magistrados (Amam) e titular da Comarca de Sinop, acompanhou a assinatura e informou que o prédio atual enfrenta grandes problemas físicos. “O fórum passou por várias reformas à medida que a cidade foi crescendo e as demandas foram aumentando. Hoje é insustentável se manter naquele prédio. Então, essa obra vem em boa hora, vai atender à população dando muito mais acessibilidade e, consequentemente, uma prestação jurisdicional mais célere”, destacou.

Ainda a prefeita, Rosana Martinelli, explicou que a unidade será uma das mais maiores e mais modernas do Estado. “Estamos muito felizes com a assinatura desse convênio. Esta obra é um grande legado que o desembargador Carlos Alberto deixa para a população da cidade, juntamente com a nossa administração. Esse novo fórum vai significar muita prosperidade, ampliando os atendimentos e, com certeza, vai ser um avanço muito grande no Judiciário de Mato Grosso.”

A assinatura também foi presenciada pelo Corregedor-geral da Justiça, desembargador Luiz Ferreira da Silva.

Por; Keila Maressa – TJMT

10, julho, 2019|