OABMT ;Comissão de Diversidade Sexual promove Ação Arco-Íris

A comissão de Diversidade Sexual (CDS) da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT) promove a “Ação Arco-Íris”. O objetivo é arrecadar peças do vestuário feminino para doar aos reeducandos da chamada ala “Arco-Íris” do Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC).

Um dos primeiros espaços do país destinado à população LGBTI privada de liberdade, a Ala Arco-Íris foi criada em 2012 e atualmente conta com 28 reeducandos gays, travestis e transexuais.

“A nossa Constituição prevê que todo cidadão tem direito de viver de forma digna e a campanha Arco-Íris vem no sentido de possibilitar aos travestis e transexuais privados de liberdade o uso das roupas femininas que estão sendo doadas, para garantir que vivam de forma minimamente digna”, explicou o presidente da CDS, Nelson Freitas Neto.

Com o intuito de assegurar os direitos sociais dessas pessoas, respeitando a identidade de gênero, a Ação Arco-Íris arrecadará, durante todo o ano, roupas e calçados femininos. Haverá dias específicos para a coleta das doações e o primeiro será nesta semana.

Por meio de parceria com a comissão de Direito da Mulher, serão arrecadadas roupas durante o Workshop da Mulher, que acontece nesta quinta-feira (28), a partir das 8h30, na sede da OAB-MT, em Cuiabá.

Mesmo aqueles que não queiram participar do evento podem contribuir com a ação levando sua doação.

Além do CRC, a penitenciária regional Major Eldo de Sá Corrêa (Mata Grande), em Rondonópolis, conta com 15 reeducandos na ala aquarela, destinada à população LGBTI. Ao longo das ações, a campanha pretende atender todas as unidades que tenham tal demanda.

 

Redação JA

Foto: G1

27, março, 2019|