Clodoaldo Queiroz é o novo defensor público-geral do Estado nomeado por Taques

26/11/2018 – O governador Pedro Taques (PSDB) oficializou, na manhã desta segunda-feira (26), o nome de Clodoaldo Aparecido Gonçalves de Queiroz como novo defensor público-geral do Estado. Ele recebeu 110 votos e encabeçava a lista tríplice formada na eleição realizada no último dia 9.

Na oportunidade, Taques falou sobre a falta de recursos do Estado e das decisões que precisou tomar ao longo do governo. “Ele foi o mais votado, essa nomeação é merecida. Desejo que tenha um ótimo trabalho nos próximos dois anos e digo que, mesmo com todas as dificuldades econômicas desta gestão, a Defensoria teve muitos avanços. Para mim, foi muito difícil fazer escolhas sobre o uso dos recursos públicos diante de tanta necessidade”.

Clodoaldo foi eleito no dia 9 de novembro após votação da lista tríplice. Com 110 votos, ele assume o cargo a partir de janeiro de 2019, no lugar do defensor público Silvio Jeferson Santana.

“Quero desejar ao Clodoaldo os mais prósperos trabalhos. Fizemos o enxugamento da máquina em 2017 e entregamos a defensoria sem déficit. O novo defensor terá grandes desafios, entre eles a articulação junto aos órgãos para buscar maior aporte financeiro”, disse Jeferson.

O mandato tem duração de dois anos. No Estado, há atualmente 189 defensores públicos em 47 comarcas.

“A minha expectativa é continuar melhorando a estrutura dos núcleos para que a população possa ser melhor atendida e aprimorar a atuação dos defensores. O governador já atuou como defensor público e essa relação que ele tem com a Defensoria nenhum outro teve”, afirmou Clodoaldo.

Como prioridade de sua gestão, Queiroz citou a melhoraria da infraestrutura dos núcleos já existentes da Defensoria Pública, a fim de equalizar as diferenças estruturais. “Temos núcleos ótimos e outros muitos precários, como em Várzea Grande, equalizar essas diferenças é fundamental. Minha prioridade será fortalecer os núcleos, capacitar servidores e defensores e melhorar a gestão da administração na área meio”.

O defensor público-geral, Silvio Jéferson de Santana, informou que pretende fazer uma cerimônia de transmissão de cargo na primeira quinzena de dezembro, para que o novo gestor tome conhecimento do dia a dia da instituição antes da posse, que será realizada oficialmente em 2 de janeiro de 2019.

“Hoje a Defensoria conta com 189 defensores, que estão presentes em 47 das 79 comarcas existentes no Estado. O grande desafio de Queiroz será levar a Defensoria para todo o Estado, além de preencher com defensores os 66 cargos criados por lei. Para fazer isso, ele terá que melhorar o orçamento, pois só para trazer esses novos defensores são necessários R$ 25 milhões a mais”, enfatizou.

Clodoaldo Queiroz é presidente do sindicato da categoria e já atuou como subdefensor público, coordenou Núcleos e foi membro do Conselho Superior da Defensoria Pública.

26, novembro, 2018|