CHUVA: Rondonópolis (MT): 100 mm em 4 horas

Uma forte área de instabilidade passou sobre a região de Rondonópolis, no sul de Mato Grosso nesta segunda-feira e provocou muita chuva. Em apenas 4 horas de chuva foram acumulados 101 mm, quase a média normal para todo o mês de outubro que é de aproximadamente 121 mm.

Entre 16 horas e 18 horas (hora de Brasília) caiu um verdadeiro dilúvio sobre Rondonópolis. O INMET (Instituto Nacional de Meteorologia) registrou 88,4 mm nestas 2 horas. O total acumulado entre 16 horas e 20 horas foi de 101,0 mm.

O total de chuva acumulado desde o início do mês, segundo o INMET, até por volta das 20 horas do dia 21 de outubro, foi de aproximadamente 140 mm.

Foto: Climatempo
Nuvens muito carregadas (manchas vermelhas e amarelas) passam sobre

Rondonópolis às 17h50 (Brasília) de 21/102019

Descargas elétricas atmosféricas

Além de chuva muita forte, as nuvens carregadas que passaram sobre Rondonópolis na tarde de 21 de outubro provocaram uma grande quantidade de descargas elétricas atmosféricas.

A rede Earth Networks detectou um total de 1229 descargas elétricas atmosféricas sobre Rondonópolis entre 14 horas e 18 horas (hora de Brasília), sendo que 911 foram entre as nuvens e 318 foram raios que chegaram ao solo.

O tempo permanece instável em Rondonópolis e nas demais regiões de Mato Grosso no decorrer da semana e mais pancadas de chuva com raios são esperadas. Há risco de chuva e de ventos moderados a fortes até o fim da semana.

 

Fonte: Climatempo/ Foto Reprodução AGORA

22, outubro, 2019|