Chico Pinheiro quebra protocolo da Globo e acusa eleitores de Bolsonaro

Chico Pinheiro quebrou o protocolo e publicou um vídeo acusando eleitores de Jair Bolsonaro. A Globo, como já é de conhecimento público, não permite que seus jornalistas se posicionem em questões partidárias nas redes sociais.

Segundo as diretrizes, os profissionais não devem expressar opiniões positivas ou negativas sobre os mais diversos partidos. Entretanto, o apresentador do “Bom Dia Brasil” resolveu usar seu perfil no Twitter para fazer uma crítica em especial.

Na publicação, o jornalista acusa pessoas ligadas ao presidente de “tentativa de censura” contra o humorista Gustavo Mendes. No vídeo, o comediante explica o motivo de ter expulsado pessoas de sua apresentação em Teófilo Otoni, em Minas Gerais.

Foi explicado que os apoiadores de Bolsonaro não aceitaram piadas feitas contra o governo durante o show. No Twitter, Chico Pinheiro disparou:“Tentativa de censura em Teófilo Otoni por seguidores do Bolsonaro”.

Nos comentários, o contratado da Globo foi elogiado pelos seguidores. “Parabéns Chico Pinheiro, jornalista sério”, disparou um. “Parabéns, Chico! Você é lúcido e de uma grandeza enorme!”, declarou outro.

“Uma vergonha. Mas Gustavo Mendes não se intimidou e deu o recado ao grupo de fascistas que foi desrespeitar seu espetáculo. A imprensa precisa repercutir muito essas situações pra proteger o direito de expressão”, opinou mais um.

Confira:

Chico Pinheiro

@chico_pinheiro

TENTATIVA DE CENSURA EM TEÓFILO OTONI POR SEGUIDORES DO BOLSONARO https://youtu.be/9kkyOMSwtN4  via @YouTube

Por; Lucas Medeiros RD1
Foto; Globo
3, setembro, 2019|