Ager recorre de liminar que aumentou tarifa entre Cuiabá e Várzea Grande

15/10/2018 – A Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados (Ager) recorreu nessa segunda-feira (15.10) da decisão judicial que elevou o valor da passagem do transporte intermunicipal entre Cuiabá e Várzea Grande para R$ 4,00.

Na última semana, o juiz Marcio Aparecido Guedes atendeu pedido da empresa União Transportes e concedeu decisão liminar suspendendo os efeitos da Sessão Regulatória da Ager, do dia 31 de agosto, que havia reduzido a o valor da tarifa de R$ 4,00 para R$ 3,75.

A redução resultou do trabalho de regulação e fiscalização que compete a agência. O presidente da Ager Fábio Calmon conta que a empresa de transporte viário diminuiu a frota em oito veículos desde dezembro de 2017.

“Entendemos que não existe prejuízo financeiro a empresa que estava economizando com a manutenção desses veículos que não estão circulando. Na revisão percebemos também que o passageiro não foi prejudicado com a exclusão de linhas ou tempo de viagem, porém como o número de veículos impacta no valor da passagem entendemos que os usuários também devem se beneficiar”, pontua Fábio Calmon.Da assessoria

15, outubro, 2018|