GCCO prendeu Advogada acusada de falsificar documentos para beneficiar clientes presos

A Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) prendeu, na manhã desta terça-feira (26), a advogada Jaqueline Moreira Martins Pacheco. Segundo a Polícia Judiciária Civil, Jaqueline é acusada de falsificação de documentos para remissão de pena de condenados da Justiça.

A advogada também teve mandado de busca e apreensão cumprido em sua casa, em um condomínio de Cuiabá.

Ainda conforme a PJC, três clientes da advogada, que cumprem penas em unidades prisionais, também tiveram mandados de prisão decretados, dois presos na Penitenciária Central do Estado (PCE), Paulo Witter Farias Paelo e Diego Alexandre Cocarelli, e um no presídio de Água Boa, Eudes Rodrigo da Silva. .

As investigações correm no âmbito do inquérito policial 025/2018, a partir de informações recebidas da 2ª Vara  Criminal de Cuiabá.

 

Redação JA com assessoria

Foto; Reprodução

26, março, 2019|