30 anos da Constituição: Desafio é fazer valer os direitos sociais, diz presidente da OAB-MT

27/09/2018 – Em evento alusivo aos 30 anos da Constituição Federal, promulgada em 5 de outubro de 1988, o Encontro Nacional das Comissões de Direito Penal e Processo Penal, promovido pela Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT), operadores do Direito discutem temas atuais e polêmicos.

Presidente da OAB-MT, Leonardo Campos ressaltou que, passadas essas três décadas, o grande desafio do momento é fazer valer os direitos sociais estabelecidos na Carta Magna. Ele lembrou que, quando foi criada, a sociedade tentava conquistar esses direitos.

“Os direitos sociais foram conquistados e colocados na Constituição Federal. Agora o grande desafio é fazer valer esses direitos”, destacou o presidente na abertura do evento, na tarde desta quinta-feira (27) no auditório da OAB-MT.

De acordo com ele, o debate acerca da Constituição vem a calhar num momento que considerou propício, quando, diante das crises ética, econômica e política vivenciada pelo país, a sociedade chega a colocar em xeque as garantias conquistadas.

“Intolerante à impunidade, vemos o cidadão brasileiro aplaudir a flexibilização de direitos e garantias fundamentais”, destacou Leonardo Campos.

Ele citou como um dos exemplos o cumprimento de prisão a partir de condenação em segunda instância, além de propostas apresentadas nas chamadas “Dez Medidas Contra a Corrupção”, que incluem flexibilização do habeas corpus e admissão de provas ilícitas.

“O combate à corrupção é a nossa maior bandeira. Ele deve ser feito sim, mas sempre sob os ditames constitucionais. Devido processo legal sem ampla defesa e contraditório não é Estado Democrático de Direito”, comentou.

Diante do cenário atual, o presidente da OAB-MT lembra mais uma vez que o debate sobre a Constituição da República se faz oportuno à véspera das eleições pois a responsabilidade pelas crises em que se encontra o país deve ser dividida entre todos os cidadãos que, pelo voto, escolhem os políticos que estarão no poder.

O presidente da comissão de Direito Penal e Processo Penal da OAB-MT, Marco Antônio Magalhães dos Santos ponderou que é justamente no Direito Penal que se evidenciam algumas das principais dificuldades vivenciadas pelos profissionais, sobretudo na violação às prerrogativas.

Desta forma, ressalta que se preocupou em trazer para o evento os mais atuais temas para a mesa de debate com profissionais de destaque nacional, permitindo a estudantes e profissionais se prepararem para o dia a dia.

Durante o encontro estarão em discussão assuntos como colaboração premiada, lavagem de dinheiro, aborto e crimes contra a dignidade sexual, entre outros. O evento ocorre nesta quinta e sexta-feira (27 e 28) das 14h às 22h no auditório da OAB-MT.

 

Da assessoia/ Foto: Fablício Rodrigues

27, setembro, 2018|